quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Workshop intensivo de Concertina

sábado 27 Dez 2008, 15h00–18h00
ÁGUEDA, sede da Orquestra Típica de Águeda

INSCRIÇÕES ABERTAS


No âmbito da tradição formativa na área da concertina e na perspectiva de a reforçar, a EMtrad’ - Escola de Música Tradicional promove um Workshop intensivo de Concertina, orientado pelos seus actuais formadores: Artur Fernandes, Filipe Ricardo e Francisco Miguel. Decorrerá em Águeda, na sede da Orquestra Típica de Águeda, na tarde de sábado 27 Dezembro. Outro workshop se seguirá, no final de Janeiro, em Belazaima do Chão, prosseguindo a descentralização destas oportunidades formativas.

Estes workshops tem dois tipos de destinatários: por um lado, para quem já toca o instrumento e pretende um aperfeiçoamento e, por outro, para quem nunca tocou concertina e pretende um primeiro contacto. Os participantes podem ser oriundos de grupos folclóricos ou outros grupos musicais, alunos de escolas de música ou ainda participantes individuais. Outros interessados podem ainda assistir ao Workshop, na qualidade de ouvintes.

Os Workshops funcionarão com um máximo de 15 participantes, não havendo contudo limite de inscrições para ouvintes. Terão lugar sempre no último sábado do mês, sempre com a duração de 3 horas (15h-18h), de forma descentralizada pelo concelho de Águeda, acolhidos por colectividades locais, respectivamente na Orquestra Típica de Águeda (27 Dezembro) e n’Os Serranos Associação Etnográfica - Belazaima do Chão (31 Janeiro 2009).

As pré-inscrições deverão ser obrigatoriamente feitas até à quarta-feira anterior ao Workshop e terão o custo de 5 Euros (participantes) ou 2 Euros (ouvintes). A frequência é gratuita para membros da colectividade acolhedora, mas sempre sujeito à pré-inscrição. Este ciclo de Workshops de Concertina promovidos pela EMtrad’ surge no âmbito do Programa de Apoio à Formação para os grupos folclóricos, em parceria com a Câmara Municipal de Águeda, com o prestimoso apoio das colectividades anfitriãs.

Mais informações na d’Orfeu Associação Cultural, através do sítio http://www.dorfeu.com/ ou pelos telefones 934623775 / 234603164.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

12º OuTonalidades encerra em Águeda!

sex19 Dezembro, 22h30
Moondogs Blues Party (Corunha)
http://www.myspace.com/moondogsbluesparty

sáb 20 Dezembro, 22h30
Niño y Pistola (Vigo)
http://www.myspace.com/ypistola

ÁGUEDA, latada do Espaço d’Orfeu
ENTRADAS LIVRES

Com dois concertos na latada do Espaço d’Orfeu, Águeda vai fechar o 12º OuTonalidades, o circuito português de música ao vivo coordenado pela d’Orfeu que, este ano, varreu literalmente toda a costa ocidental ibérica, da Galiza ao Algarve, num total de 59 concertos de 22 grupos de todos os géneros musicais em 19 diferentes espaços em Portugal e na Galiza. O evento dura 11 semanas e encerra onde começou: em Águeda.

Os galegos Moondogs Blues Party (Corunha) e Niño y Pistola (Vigo) tocam em Águeda, respectivamente sexta 19 e sábado 20 Dezembro pelas 22h30, para encerrar o circuito luso-galaico que resultou desta 12ª edição. É na celebração desta relação com a Galiza que se fará o encerramento em Águeda, em ambas as noites com entrada livre. Os blues e o pop-rock galegos aquecerão a movida que Águeda também já tem, no magnífico calor das frias noites da latada.

No ano em que a d’Orfeu Associação Cultural garantiu o inédito alargamento do evento à Galiza, para além da implantação nacional, houve canal directo para a participação de 6 grupos portugueses na Galiza, bem como à presença de 5 grupos galegos no circuito português, num total de 36 concertos em regime de intercâmbio, dos 59 concertos programados nesta 12ª edição. O 12º OuTonalidades passou por Aguada de Cima, Águeda, Allariz, Aveiro, Bueu, Estarreja, Évora, Ferrol, Chaves, Fundão, Guarda, Lisboa, Lugo, Melide, Nígran, O Grove, Paços de Ferreira, Tondela e Tavira, no seu maior roteiro de sempre.

Os Municípios de Águeda, Estarreja e Tavira são apoiantes oficiais desta 12º edição, além do Ministério da Cultura / Direcção-Geral das Artes e de vários outros organismos em Portugal e na Galiza. A casa-mãe do evento, o Espaço d'Orfeu, em Águeda, acolhe habitualmente o início e o fim do circuito. Mais uma vez, as duas últimas noites do evento serão espelho da grande festa que é o OuTonalidades.

Banquinhas de Natal na d'Orfeu, a partir de hoje


A d’Orfeu Associação Cultural promove o encontro de artesãos e pequeno comércio alternativo neste período de compras natalícias, com um espaço de Banquinhas de Natal na latada do Espaço d’Orfeu de 11 a 20 de Dezembro. Esta iniciativa vem da vontade de dar a conhecer talentos locais que, com as suas mãos, fazem conviver saberes tradicionais e urbanos.
As prendas de Natal de muitos serão seguramente encontradas nestas banquinhas onde sacos, cachecóis, bijutaria, livros, discos e outras prendas podem ser enfiadas no sapatinho! Também a Lojinha d’Orfeu marcará presença com a sua selecção de músicas do mundo e com as edições de muitos artistas que já passaram por Águeda, em programações da associação.

Nas noites do 19 e 20 Dezembro as Banquinhas partilharão o espaço com os concertos de encerramento do OuTonalidades’08. Vem aí um Natal cheio de prendas culturais!

sábado, 22 de novembro de 2008

Já vai ser outra vez último domingo do mês?!

Bebés com Música
domingo 30 Novembro, 10h30
ÁGUEDA, Casa do Parque da Alta Vila

Bebés com Música tem nova sessão no próximo domingo 30 de Novembro, pelas 10h30, para agrado dos pequenotes e das suas famílias., que chegam de toda a região. A possibilidade de conhecer e desfrutar das músicas do mundo num agradável convívio entre bebés, pais e músicos, é um hábito que pegou de estaca em Águeda, com boas memórias de uma série de belas manhãs de domingo no Parque da Alta Vila.

O último domingo de cada mês está instituído na agenda das famílias: Bebés com Música é sinónimo de experiências vibrantes num ambiente de criatividade e participação. Os músicos Artur Fernandes e Bitocas promovem memórias colectivas entre os bébés e os seus mais velhos, dando espaço a uma participação efectivamente familiar. A d’Orfeu Associação Cultural e a Câmara Municipal de Águeda promovem “Bebés com Música” no âmbito da cada vez mais reforçada oferta formativa da EMtrad’ - Escola de Música Tradicional.

O próximo “Bebés com Música” terá lugar na manhã do domingo 30 de Novembro pelas 10h30 da manhã, com uma duração mínima de 60 minutos. Funciona num sistema de pré-inscrições até quinta-feira anterior, cuja jóia inclui o bebé e toda a respectiva família directa que queira participar. Quem se inscrever no início da sessão no próprio local, não terá direito ao desconto de pré-inscrição. Todas as informações estão disponíveis em www.dorfeu.com e na d’Orfeu Associação Cultural (telefones 234603164 ou 934623775).

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Vai a meio e bem cheio, o circuito português de música ao vivo!

A 12ª edição do OuTonalidades, circuito português de música ao vivo que começou a 10 de Outubro em Águeda e Lisboa e que, este ano, se estende da Galiza ao Algarve, já leva realizados 34 dos 59 concertos programados. Numa altura em que o circuito já cumpriu mais de metade da programação, tendo chegado a 13 dos 19 espaços (7 deles na Galiza), com a participação de 17 dos 22 grupos participantes nesta edição, o balanço é francamente positivo.

“Carlos López Quartet” (Galiza), em Chaves, 13Nov08
foto © Pedro Monteiro

Só no último fim-de-semana, entre 13 e 15 Novembro, que marcou o meio do evento, realizaram-se 10 concertos OuTonalidades, muitos em simultâneo, em localidades tão distintas como Chaves, Paços de Ferreira, Guarda, Estarreja, Tavira (em Portugal), Nigran, Allariz, O Grove ou Melide (na Galiza). O poder de intervenção cultural deste circuito assume já uma importância cultural decisiva em muitos destes locais.

O êxito do OuTonalidades está a resultar do alargamento do circuito a novos territórios de norte a sul de Portugal (Tavira e Chaves vieram dar definitiva dimensão nacional ao mapa deste ano), com um sentido de grande rede instituído e reforçado edição após edição. Resulta ainda, incontornavelmente, do inédito intercâmbio luso-galaico resultante da parceria com a Rede Galega de Música ao Vivo, com o decisivo apoio da AGADIC – Axencia Galega das Industrias Culturais, criando-se um roteiro único de espaços e grupos portugueses e galegos.

São já muitas as noites memoráveis desta edição, são já muitos os quilómetros percorridos pelos grupos, são já mais que muitas as centenas de espectadores e continua a esperar-se ainda muito mais deste grande palco chamado OuTonalidades, na sua 12ª edição. Este evento possibilita o envolvimento de espaços como cafés-concertos e bares associativos num projecto que dá espaço à música ao vivo e visibilidade a inúmeros projectos artísticos, com um efeito multiplicador de novas oportunidades culturais para promotores e artistas.

Os próximos fins-de-semana de Novembro reservam ainda muita e aliciante programação: Samuel Quinto Trio vai passar por Chaves e Estarreja; João Gentil, um dos 6 portugueses seleccionados para a Galiza, toca no Bueu e em Lugo; Toques do Caramulo rumam também à Galiza para três concertos, em Melide, O Grove e no Bueu; os galegos Moondogs Blues Party descem a Estarreja e ao Fundão; Rui Pedro sobe de novo à Galiza para tocar em Lugo; Rockabillyo estreia-se em Tavira; os Mu tocam no Aturuxo.

Em Dezembro, além de Guarda, Évora, Lisboa e Tondela se juntarem ao roteiro, também o concelho de Águeda volta a receber o OuTonalidades: a 6 de Dezembro no Centro Cultural da LAAC (Aguada de Cima) com o espectáculo Lufa-Lufa e, mais tarde, a 19 e 20 de Dezembro, com os dois espectáculos que marcam o encerramento desta 12ª edição, no Espaço d’Orfeu, em Águeda: os grupos galegos Moondogs Blues Party e Niño y Pistola. Com um OuTonalidades assim, há sempre música ao vivo num espaço perto de si!

Todas as datas e informação sobre o 12º OuTonalidades estão disponíveis em www.dorfeu.com, o sítio internet da d’Orfeu Associação Cultural, e no myspace do evento em http://myspace.com/outonalidades08, onde é possível conhecer todos os espaços e grupos participantes.

Os Municípios de Águeda, Estarreja e Tavira são apoiantes oficiais desta 12º edição, além do Ministério da Cultura / Direcção-Geral das Artes e de vários outros organismos. Na Galiza, a AGADIC e a Clubtura são os parceiros oficiais do OuTonalidades. A extensão galega conta ainda com o apoio do Instituto Camões. O circuito é coordenado, desde sempre e a partir de Águeda, pela d’Orfeu Associação Cultural.

domingo, 9 de novembro de 2008

d’Orfeu vence Concurso Nacional de Música

A d’Orfeu Associação Cultural foi a vencedora do Concurso Nacional de Música 2008 da Fundação INATEL, cuja final nacional decorreu no passado sábado na Aula Magna, em Lisboa, tendo apresentado um extracto do espectáculo “Toques do Caramulo”. O júri nacional premiou a associação aguedense, em representação do distrito de Aveiro, entre representações de todo o continente e ilhas. Pelo palco da final passaram bandas filarmónicas, ensembles clássicos, orquestras ligeiras, grupos de cantares ou de música tradicional, representando o que de melhor a cultura popular vem produzindo nos 18 distritos. A representação aguedense foi mesmo a mais pequena em palco - com apenas 4 músicos -, mas a singularidade e a dinâmica da sua performance foi bastante para sair premiada da Aula Magna. Na sequência desta distinção, Toques do Caramulo actuarão no Teatro da Trindade, em Lisboa, a 1 de Dezembro próximo.

foto © André Brandão | d’Orfeu
Toques do Caramulo arrebataram o primeiro prémio
do Festimúsica, entre 18 distritos, na Aula Magna

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Ciclo de Workshops de Concertina

sáb 29 Nov 08 FERMENTELOS
sáb 27 Dez 08 ÁGUEDA
sáb 31 Jan 09 BELAZAIMA DO CHÃO

Na sequência da sua tradição formativa na área da concertina e na perspectiva de a reforçar, a EMtrad’ – Escola de Música Tradicional vem agora disponibilizar um conjunto de Workshops de Concertina, orientados pelos seus actuais formadores: Artur Fernandes, Filipe Ricardo e Francisco Miguel. Depois dos workshops de cavaquinho em Maio passado (em Recardães e na Mourisca), segue agora especial atenção à concertina, com Workshops agendados para Fermentelos, Águeda e Belazaima do Chão.

Estes workshops tem dois tipos de destinatários: por um lado, para quem já toca o instrumento e pretende um aperfeiçoamento e, por outro, para quem nunca tocou concertina e pretende um primeiro contacto. Os participantes podem ser oriundos de grupos folclóricos ou outros grupos musicais, alunos de escolas de música ou ainda participantes individuais. Outros interessados podem ainda assistir ao Workshop, na qualidade de ouvintes.

Os Workshops funcionarão com um máximo de 15 participantes, não havendo contudo limite de inscrições para ouvintes. Terão lugar sempre no último sábado do mês, sempre com a duração de 3 horas (15h-18h), de forma descentralizada pelo concelho de Águeda, acolhidos por colectividades locais, respectivamente no Grupo Folclórico Senhora da Saúde - Fermentelos (29 Novembro), na Orquestra Típica de Águeda (27 Dezembro) e n’Os Serranos Associação Etnográfica - Belazaima do Chão (31 Janeiro 2009).

As pré-inscrições deverão ser obrigatoriamente feitas até à quarta-feira anterior ao Workshop e terão o custo de 5 Euros (participantes) ou 2 Euros (ouvintes). A frequência é gratuita para membros da colectividade acolhedora, mas sempre sujeito à pré-inscrição. Este ciclo de Workshops de Concertina promovidos pela EMtrad’ surge no âmbito do Programa de Apoio à Formação para os grupos folclóricos, em parceria com a Câmara Municipal de Águeda, com o prestimoso apoio das três colectividades anfitriãs.

Mais informações na d’Orfeu Associação Cultural, através do sítio www.dorfeu.com ou pelos telefones 934623775 / 234603164.

domingo, 26 de outubro de 2008

d'Orfeu na final nacional do Festimúsica

Toques do Caramulo
vão representar o distrito de Aveiro


Aula Magna, Lisboa
sábado 8 Novembro 2008

A d’Orfeu Associação Cultural será a representante do distrito de Aveiro na final nacional do Festimúsica, evento organizado pelo INATEL, depois de ter sido seleccionada na eliminatória distrital que decorreu no passado sábado no Teatro da Vista Alegre (Ílhavo). Além de Toques do Caramulo – a criação que a d’Orfeu levou ao palco -, actuaram também a Orquestra Ligeira de Veiros e o Grupo de Bandolins de Esmoriz. O júri escolheu a associação aguedense para se apresentar a 8 Novembro na Aula Magna, a par com os finalistas de outros distritos de todo o país.

Não é esta a única representação do concelho de Águeda na Aula Magna no fim-de-semana 8 e 9 Novembro (dias em que se realizam as finais nacionais do vários concursos temáticos da Fundação INATEL), pois Os Serranos Associação Etnográfica foi apurada como representante distrital na área etnográfica.

terça-feira, 21 de outubro de 2008

“Bebés com Música” de volta!

1ª sessão da temporada 2008/2009
Domingo 26 Outubro, 10h30
Águeda, Casa do Parque da Alta Vila

PRÉ-INSCRIÇÕES A DECORRER
Bebés com Música retoma no próximo domingo 26 de Outubro, para agrado dos pequenotes e das suas famílias. A possibilidade de conhecer e desfrutar das músicas do mundo num agradável convívio entre bebés, pais e músicos, atraiu famílias de vários pontos da região. Este hábito pegou de estaca em Águeda, com uma série de belas manhãs de domingo no Parque da Alta Vila, durante a primeira temporada, que decorreu de Setembro 2007 a Junho 2008 passado.

O último domingo de cada mês ficou instituído na agenda das famílias: “Bebés com Música” é sinónimo de experiências vibrantes num ambiente de criatividade e participação. Os músicos Artur Fernandes e Bitocas promovem memórias colectivas entre os bébés e os seus mais velhos, dando espaço a uma participação efectivamente familiar. A d’Orfeu Associação Cultural e a Câmara Municipal de Águeda promovem “Bebés com Música” no âmbito da cada vez mais reforçada oferta formativa da EMtrad’ - Escola de Música Tradicional.

O próximo “Bebés com Música” terá lugar na manhã do domingo 26 de Outubro pelas 10h30 da manhã, com uma duração mínima de 60 minutos. Funciona num sistema de pré-inscrições até quinta-feira anterior, cuja jóia inclui o bebé e toda a respectiva família directa que queira participar. Quem se inscrever no início da sessão no próprio local, não terá direito ao desconto de pré-inscrição. Todas as informações estão disponíveis em www.dorfeu.com e na d’Orfeu Associação Cultural (telefones 234603164 ou 934623775).

informações e inscrições:
234603164 / 934623775
lara@dorfeu.com

sábado, 11 de outubro de 2008

Toques do Caramulo no Viva a Música!

Toques do Caramulo
ao vivo em directo na Antena 1

Quinta-feira 16 Outubro, 15h00
no programa “Viva a Música”, de Armando Carvalhêda

A emissão online poderá ser escutada aqui.

A mais rodada criação da d’Orfeu, Toques do Caramulo, é a convidada de Armando Carvalhêda para a próxima emissão do Viva a Música, na Antena 1. O concerto em directo terá lugar no Teatro da Luz em Lisboa, de onde são habitualmente transmitidas as emissões do programa, na próxima quinta-feira 16 Outubro, no horário 15h00-16h00. Para todo o mundo, via rádio e internet.

De Lisboa, os Toques do Caramulo seguem para o norte da Galiza, onde actuam sábado 18 Outubro na Sala Run Rum, em Ferrol, no âmbito da extensão galega do 12º Outonalidades, o circuito português de música ao vivo, este ano irmanado com a Galiza.

O Gesto Orelhudo - o festival em nove imagens!

Toques do Caramulo & Galandum Galundaina e convidados © Marilyn Marques
Gadgets © André Brandão
Vaguement la Jungle © André Brandão
Melingo © Mário Abreu
Lost Locos © Marilyn Marques
O Menino é Lindo © Mário Abreu
Microband © Luís Oliveira Santos
Dúmbala Canalla © André Brandão
Pas Par Tout © André Brandão

terça-feira, 7 de outubro de 2008

O primeiro fim-de-semana do FOGO

por Fausto Ferreira

Pas par tout não foi para mim. Mas apenas porque não cheguei a tempo pois gostaria de ter estado na abertura do FOGO. Dúmbala Canalla foi o início para mim mas com este grupo já o FOGO estava bem ateado. A energia fulgurante do grupo catalão e a sua mescla de estilos festivos fizeram transbordar de alegria o público. No encore, a dança rodopiou do palco, espalhou-se pela tenda e pôs toda a gente em pé. As cadeiras iam sendo criteriosamente retiradas pelo staff d’Orfeu e depois de começar a dançar não se podia mais parar. No fim, restavam apenas um par de cadeiras e definitivamente o FOGO ia bem alto. O público estava extasiado com a dança à volta da FOGueira em que se transformou a tenda. Numa noite fria, nada melhor para atear o FOGO.
Na segunda noite, um regresso aclamado de Microband. Que dizer desta “orquestra sinfónica mais pequena do mundo”? Para quem era repetente, de certeza não teria esquecido um violino partido ao meio a tocar música clássica. Mas as combinações de mãos e instrumentos são tantas que era impossível recordar todas estas formas não convencionais de tocar música tão variada como Bach ou Jethro Tull. Desde uma guitarra com flauta embutida, um violino partilhado e tocado com um serrote e um arco, micro-cavaquinhos, flautas tocadas com o nariz, um trompete a ser tocado com arco de violino houve combinações para todos os gostos. Até umas maracas e um balão serviram de gaita de foles. “Passarinhos a bailar” versão italiana foi o êxito da noite onde houve ainda espaço para fazer trocadilhos com o nome de Águeda ou com rojões e leitão.
Depois do rastilho deixado por Microband, a fasquia estava alta para não deixar apagar o FOGO. O Menino é Lindo não deixou os créditos por mão alheia e contagiou o público com as suas versões fanfarra de grandes êxitos portugueses desde “Amanhã de manhã” à “Laurindinha” passando por “Contentores” houve espaço para tudo. As interrupções das músicas para interacção com o público em inglês propositadamente atabalhoado, ainda que por vezes algo inusitadas, serviam para ensinar ao público a melhor forma de acompanhar uma banda e de o fazer rir. Para ajudar à comédia, a indumentária dos músicos estava de acordo com o aspecto cómico do espectáculo. Tudo a rigor portanto para um fecho em festa deste primeiro fim de semana. As cinzas repousaram no Domingo, mas esta semana há mais FOGO.

domingo, 5 de outubro de 2008

Começou a festa da musicomédia!

Momentos únicos em palco e fora dele.
Entusiasmantes noites orelhudas no arranque do festival!

A romaria diária para o Espaço d’Orfeu começou este fim-de-semana, com o arranque do 7º Festival “O Gesto Orelhudo”. O recinto encheu sexta e sábado e os espectadores vibraram a cada novo espectáculo em palco. Pas Par Tout, Dúmbala Canalla, Microband e O Menino é Lindo foram responsáveis pelos primeiros entusiasmos de um público completamente embevecido com o seu festival. A festa está instalada!

O Menino é Lindo © Mário Abreu
Microband © André Brandão
Dúmbala Canalla © André Brandão
Pas Par Tout © Mário Abreu

Encerramento FOGO - alteração de local


O concerto “Toques do Caramulo & Galandum Galundaina” da próxima sexta-feira 10 Outubro (inicialmente previsto para o Cine-Teatro São Pedro) foi alterado para o Auditório de Recardães.
Agradece-se passa palavra.

Todos os restantes espectáculos do festival (3 a 10 Outubro), têm lugar, como previsto, na Tenda do Espaço d’Orfeu, em Águeda.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

OuTonalidades: maior roteiro de sempre!

59 concertos em Portugal e Galiza | 22 grupos portugueses e galegos | 19 espaços de
Ferrol a Tavira |
6 grupos portugueses na Galiza | 11 fins semana de música ao vivo

c i r c u i t o p o r t u g u ê s d e m ú s i c a a o v i v o
10 Outubro a 20 Dezembro 2008

CONSULTA O PROGRAMA COMPLETO EM
http://www.myspace.com/outonalidades08

GRUPOS PARTICIPANTES
GALEGOS
A Tuna Rastafari http://www.myspace.com/atunarastafari
Bukowski Blues Trío? http://www.myspace.com/bukowskitrio
Carlos López Quartet http://www.carloslopez.info/
Moondogs Blues Party http://www.myspace.com/moondogsbluesparty
Niño y Pistola http://www.ypistola.com/
PORTUGUESES
Banda Polk http://www.myspace.com/bandapolk
Canções do Ceguinho http://cancoesdoceguinho.blogspot.com/
Comcordas http://www.myspace.com/comcordas
Fado Falado http://www.myspace.com/fadofalado2006
João Gentil e Luís Formiga http://www.joaogentil.com
Lufa-Lufa http://www.myspace.com/lufalufa
Mu http://www.myspace.com/muuuuuu
Pé na Terra http://www.myspace.com/penaterra
Quarteto Sofia Ribeiro e Gui Duvignau http://www.myspace.com/sofiaribeiro
Quimera Quinteto http://www.myspace.com/quimeraquinteto
Rockabillyo http://rockabillyo.com.sapo.pt/
Rui Pedro http://www.ruipedroandarilho.com/
Samuel Quinto Trio http://www.myspace.com/edamircosta
Toques do Caramulo http://www.myspace.com/toquesdocaramulo
Trisonte http://www.myspace.com/trisonte
Txikiss http://www.myspace.com/txikiss
Uxu Kalhus http://www.myspace.com/uxukalhus

ESPAÇOS ADERENTES
PORTUGAL
Bar do Cine-Teatro de Estarreja http://www.cineteatroestarreja.com/
Bar do Novo Ciclo ACERT (Tondela) http://www.acert.pt/
Bar do Teatro Aveirense (Aveiro) http://www.teatroaveirense.pt/
Café-Concerto do Teatro Municipal da Guarda http://www.tmg.com.pt/
Casa da Eira (Paços de Ferreira) http://www.capitalartes.com/
Casa do Povo de Santo Estêvão (Tavira) http://www.cpse.pt/
Centro Cultural da LAAC (Aguada de Cima) http://www.laac.pt/
Espaço Celeiros (Évora) http://www.pedexumbo.com/
Espaço d’Orfeu (Águeda) http://www.dorfeu.com/
Lounge da Casa da Moagem (Fundão) http://www.amoagem.com.pt/
Sala Multiusos do Centro Cultural de Chaves http://www.chavesviva.pt/
Teatro Ibérico (Lisboa) http://www.teatroiberico.blogspot.com/
GALIZA
Aturuxo (Bueu) http://www.aturuxo.net/
Café Cultural Roi Xordo (Allariz) http://www.roixordo.com/
Clandestino (Nigrán) http://www.clandestinobar.com/
Clavicémbalo (Lugo) http://www.clavicembalo.com/
Náutico (O Grove) http://www.elnautico.org/
Pub Gatos (Melide) http://www.pub-gatos.com/
Sala Run Rum (Ferrol) http://www.salarunrum.com/


O OuTonalidades, à 12ª edição, não bastando estender a sua implantação a quase toda a geografia nacional, literalmente de norte a sul, passa a integrar também a Galiza no seu roteiro. Mais de 20 grupos portugueses e galegos, de vários géneros musicais, garantirão quase 60 concertos, em Portugal e na Galiza, durante as 11 semanas de duração do evento, que atravessa todo o Outono. Inicia a 10 Outubro, simultaneamente em Águeda e Lisboa. Nas semanas seguintes, o roteiro espalha-se do topo norte da Galiza (Ferrol) até plena costa algarvia (Tavira), passando por espaços de música ao vivo de 19 vilas e cidades, no maior roteiro de sempre deste evento d’Orfeu.

A d’Orfeu estabeleceu um convénio com a AGADIC http://www.agadic.info/, que garante o inédito alargamento do circuito português à Galiza. Da cooperação entre o OuTonalidades e a Rede Galega de Música ao Vivo, circuitos congéneres a sul e a norte da fronteira, haverá canal directo para a participação de 6 grupos portugueses na Galiza, bem como à presença de 5 grupos galegos no circuito português, num total de 36 concertos em regime de intercâmbio, dos 59 concertos programados nesta 12ª edição.

Com as várias adesões a norte e a sul, também em Portugal o evento cresce e já chega este ano a nove distritos (mais um que na última edição): Vila Real, Porto, Aveiro, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Lisboa, Évora e Faro.

O cartaz deste ano, de um ecletismo invejável, apresenta 22 grupos, entre portugueses e galegos, de genéros que vão do jazz ao tradicional, do rock ao fado, do ska aos blues, do experimental às músicas do mundo. A festa e a diversidade são marcas distintivas das programações do OuTonalidades, evento rotativo de música ao vivo que começou por ser, há doze anos, um pequeno circuito local de bares em Águeda, cidade que continua a ser epicentro do circuito agora luso-galaico.

Com um OuTonalidades assim, escolhe o roteiro e vive o Outono a cores!

Uns quantos links Orelhudos


Dúmbala Canalla

http://br.youtube.com/watch?v=xyqjXo4DNQU


Microband

http://br.youtube.com/watch?v=2K8GoAvCCl0


Lost Locos

http://br.youtube.com/watch?v=yU_0lOqHbwc


Melingo & Maldito Tango

http://br.youtube.com/watch?v=HtqB_8AbMb8&feature=related


Joel Salom's Gadgets

http://www.youtube.com/watch?v=h2SHazbr1es


Toques do Caramulo & Galandum Galundaina

http://www.youtube.com/watch?v=t4n9_SWdA3Q

Os musicómicos em todo o seu fulgor!



O público já anseia pela 7ª edição do Festival ‘O Gesto Orelhudo’, que se realiza de 3 a 10 de Outubro em Águeda! Este certame de referência dedicado à musicomédia internacional, apresenta a sua mais planetária edição de sempre, com grupos e artistas da Alemanha, Itália, França, Espanha, Portugal, Cuba, Equador, Argentina e Austrália.

Vários espectáculos premiados internacionalmente fazem parte do cartaz desta 7ª edição do festival “O Gesto Orelhudo”, insólito e extravagante evento que o país já assumiu na sua agenda cultural e que é fértil em descobertas e estreias em Portugal. Este ano, há a animação de rua dos alemães Pas Par Tout, as músicas de circo dos catalães Dúmbala Canalla, a comicidade musical inigualável dos italianos Microband, o virote fanfarrão dos lisboetas O Menino é Lindo, o flamenco cómico dos latino-americanos Lost Locos, a saudável loucura do tangueiro argentino Daniel Melingo, a música explosiva e entusiasmante dos franceses Vaguement la Jungle, a estreia europeia do fabuloso humorista e malabarista australiano Joel Salom, o palco cheio no concerto de Toques do Caramulo & Galandum Galundaina e a descarga de energia dançante dos galegos A Tuna Rastafari.

O Festival "O Gesto Orelhudo", uma das mais ousadas propostas da d’Orfeu ao país cultural, apresenta a cada edição uma programação internacional recheada do que de melhor se produz, no nosso planeta, em termos de fusão músico-teatral. À música e ao teatro junta-se o novo circo, numa programação transdisciplinar que exulta o burlesco e o humor. O festival instituiu há muito a figura do "musicómico", conceito de artista que vive este cruzamento de fusões, da música com o teatro e de ambas com o humor.

O festival decorre diariamente na habitual Tenda do Espaço d’Orfeu embora o concerto de encerramento tenha lugar no Cine-Teatro São Pedro, sempre na cidade de Águeda. O festival contemplará ainda programação paralela nas ruas e escolas secundárias da cidade, com os alemães Pas Par Tout.

O festival encontra nas parcerias de programação uma alavanca para a grande expressão do seu cartaz, garantindo extensões pelo país de alguns dos espectáculos internacionais, nesta edição em colaboração directa com o Cine-Teatro de Estarreja, o Festival de Teatro Cómico da Maia / Teatro Art’Imagem, o Festival Y / Quarta Parede / Teatro Municipal da Guarda, o ciclo LAAConcerto e o Teatro Virgínia (Torres Novas).

Após uma programação diária, no final da última noite o festival passa o testemunho a outro evento d’Orfeu, o 12º OuTonalidades http://www.myspace.com/outonalidades08, circuito em rede que, a partir de Águeda, terá lugar até Dezembro por todo o país e na Galiza, numa agenda de música ao vivo com quase 60 concertos em 11 semanas. A Tuna Rastafari, da Galiza, vem a Águeda fechar em festa O Gesto Orelhudo e abrir precisamente o OuTonalidades, na sua primeira edição luso-galaica.


NOVIDADES PARA O ESPECTADOR

Nesta edição, o festival introduz dois serviços à disposição do espectador, pensados para a sua comodidade. Durante os espectáculos para maiores de 6 anos – Microband, Melingo e Gadgets -, haverá um serviço gratuito de Babysitting a funcionar na d’Orfeu, mediante inscrição prévia. Os pais podem, assim, deixar os bebés e crianças até àquela idade ao cuidado de monitores, enquanto assistem aos espectáculos, vivendo na plenitude o festival. No âmbito das inovações tecnológicas, no Espaço d’Orfeu será disponibilizada, via Bluetooth, uma aplicação dinâmica que os espectadores poderão descarregar gratuitamente no seu telemóvel, com todos os conteúdos sobre o festival: programação completa, apresentações de todos os espectáculos, dados sobre bilhetes/pontos de venda e outras informações úteis sobre esta 7ª edição. Um festival mais próximo de todos!

Os bilhetes para o festival, de custo simbólico como sempre, podem ser adquiridos nas noites dos espectáculos por 4 Euros (ao fim-de-semana, dois espectáculos por noite) ou por 3 Euros (à semana, um espectáculo por noite). Mas o público tem ainda a opção do Passe Orelhudo (válido para todo o festival) por apenas 12 Euros, disponíveis desde já em pontos de venda por toda a região (Águeda, Aveiro, Branca, Estarreja, Mealhada, Tondela, Porto, Coimbra), cuja lista actualizada pode ser consultada no sítio www.dorfeu.com e no blogue dorfeu.blogspot.com da d’Orfeu Associação Cultural. Os portadores de cartão d’Orfeu, cuja adesão pode ser feita durante o próprio festival, têm desconto habitual de 50% em qualquer dos bilhetes.

A 7ª edição do Festival “O Gesto Orelhudo” é uma co-produção da d’Orfeu Associação Cultural e da Câmara Municipal de Águeda, com os apoios oficiais do Ministério da Cultura / Direcção-Geral das Artes, Instituto Português da Juventude, Junta de Freguesia de Águeda, INATEL Aveiro e Governo Civil do Distrito de Aveiro, para além de uma imensa série de apoios locais, regionais e nacionais, para um festival que é uma referência temática no país e um dos grandes veículos de projecção cultural exterior da cidade de Águeda.

Tudo sobre bilhetes para O Gesto Orelhudo


PASSE ORELHUDO 12 €
válido para todos os espectáculos do festival

BILHETES NOITE
4 € noites duplas de fim-de-semana (dias 3, 4 e 10 Out)
3 € noites em dias de semana (dias 6, 7, 8 e 9 Out)

Desconto habitual 50% a portadores Cartão d’Orfeu.


PONTOS DE VENDA DE BILHETES

ÁGUEDA: Espaço d’Orfeu, Galeria Municipal, Fórum da Juventude, Biblioteca Municipal, Piscinas Municipais, Cine-Teatro São Pedro
AVEIRO: Loja Wah-wah no Mercado Negro, Loja Disco Preto no CC Oita, Oficina de Música de Aveiro
PORTO: Contagiarte
COIMBRA: Cognoscitiva
TONDELA: Novo Ciclo ACERT
ESTARREJA: Cine-Teatro de Estarreja
BRANCA: Colinas Bar
MEALHADA: Deza9Café

Em todos os pontos de venda, disponível apenas o Passe Orelhudo – válido para todo o festival -, excepto no Cine-Teatro São Pedro (também bilhetes para concerto encerramento a 10 Outubro) e no Espaço d’Orfeu (bilhetes para todas as noites e bilhetes com desconto).

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Toques & Galandum juntos em palco no Avante!

próximo sábado 6 Setembro
Palco 25 de Abril, 17h00
Festa do Avante!

Dois dos mais identitários grupos da nova música tradicional portuguesa - "Galandum Galundaina" e "Toques do Caramulo" - tomam juntos o palco, algo que os une como incontornável local de ensaios, homenageando os recônditos repertórios com que vêm marcando a nova música tradicional portuguesa. Todo matriz e autenticidade, o espectáculo vagueia cantigas de Miranda e Caramulo. De oiro e verde. O tempo primitivo da infância e do sol a pino. Mira Lo Miguel como estão Debaixo da Oliveira. Repiquem as gaitas, cantem rabecas, soprem as frautas e trinem braguesas, que é Portugal serrano a cantar.

foto © André Brandão

O espectáculo conjunto TC&GG estreou a 24 Maio 2008, no Cine-Teatro de Estarreja.

Registos vídeo e foto disponíveis em:
www.aveiro.tv (programa 4, aos 2’40’’)
http://www.youtube.com/watch?v=t4n9_SWdA3Q
http://www.myspace.com/toquesdocaramulo

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

EMtrad' retoma a 4 de Setembro

CURSO TOCATA . AULA GRÁTIS SEMANAL . BEBÉS COM MÚSICA . WORKSHOPS DE INSTRUMENTOS . APOIO A GRUPOS FOLCLÓRICOS . CORO INFANTIL . VISITAS PEDAGÓGICAS . BOLSAS DE ESTUDO

ano lectivo 2008/2009
inscrições abertas e informações na d’Orfeu

A 4 de Setembro inicia a nova temporada da EMtrad’ - Escola de Música Tradicional, com o consolidar de uma série de propostas para o ensino da música tradicional em Águeda. As inscrições estão abertas e a sedução estende-se a toda a comunidade, numa altura em que a escola vem crescendo em número de alunos e em expectativas de formação. Além do Curso Tocata (para todas as idades e níveis de aprendizagem), continuam as Aulas Grátis Semanais, os Bebés com Música, o Coro Infantil, as Bolsas de Estudo, o apoio aos grupos folclóricos e um incremento aos workshops descentralizados pelo concelho.

Arranca a 4 Setembro, com uma sessão de abertura pela primeira vez, um novo ano lectivo na Escola de Música Tradicional, área da d’Orfeu que centra em Águeda uma oferta formativa ímpar no ensino de instrumentos tradicionais. A EMtrad’ acolhe alunos de todas as idades, garantindo o compromisso pedagógico de iniciação às crianças e jovens de Águeda, a par de uma procura por parte de músicos de todas as gerações e origens geográficas.

Para além da forte presença da concertina no leque de instrumentos que os alunos procuram, a apetência pode estender ainda por gaita-de-foles, cavaquinho, viola braguesa, rabeca, bandolim, voz, percussão, guitarra, piano, flauta transversal, contrabaixo, bateria e multi-instrumentação, todos disponíveis tanto para iniciação como em nível avançado. Independentemente do instrumento, a abordagem musical é sempre feita segundo a perspectiva e linguagem tradicional.

O programa de apoio à formação, iniciado em 2007 em parceria com a Câmara Municipal e que prevê condições especiais para os músicos oriundos dos Grupos Folclóricos do concelho de Águeda, reforça o seu impulso na nova temporada. Promover o aparecimento contínuo de novos instrumentistas para as tocatas bem como a qualificação dos actuais tocadores são objectivos para continuar a cumprir em 2008/2009.

Além disto, a EMtrad’ avançará para a realização de mais uma série de workshops de vários instrumentos, inicialmente de concertina e de cavaquinho, a acontecerem descentralizadamente pelo concelho de Águeda, idealmente nas sedes dos grupos folclóricos, na sequência dos já realizados em Recardães e na Mourisca.

Entretanto, continuará a abrir-se a porta, às quartas-feiras, para o SOS musical. A Aula Grátis Semanal é um momento de música livre, jogos musicais, consultas para tirar dúvidas, experimentar instrumentos ou estudar técnicas. Um formador atende todos os alunos de ocasião, sem rastreio ou sala de espera. Sempre às quartas-feiras, pelas 18h00, sem inscrições, de participação totalmente livre e grátis.

Por outro lado, Bebés com Música vai para segunda temporada, depois do êxito que foram as sessões até Junho passado. Ir ao berço para cativar o público do futuro, numa iniciativa dirigida às famílias com rebentos de colo, é o objectivo deste concerto didáctico familiar que continuará a realizar-se no último domingo de cada mês. Esta experiência tem sido vibrante para as orelhas dos pequenotes e retoma no último domingo de Outubro próximo, como sempre na casa do Parque da Alta Vilta.

Aos sábados, prossegue o Coro Infantil EMtrad’, que aceita continuamente inscrições de novos pequenos cantores, entre os 6 e os 13 anos. Os ensaios realizam-se sempre ao sábado pelas 15h00, na d’Orfeu, sendo as inscrições totalmente livres, e surge como um espaço onde se pode experimentar, partilhar e brincar com a voz, explorando as suas potencialidades através de canções tradicionais infantis, sejam locais, nacionais ou até do mundo.

A partir de Janeiro próximo, será altura para as habituais Visitas Pedagógicas das escolas básicas à d’Orfeu. O convite é, desde já, lançado às turmas e instituições por forma a planear o calendário de visitas, desde já, neste arranque de ano lectivo.

Para dar início ao ano lectivo, no dia 4 Setembro às 19h00, na d’Orfeu, terá lugar uma Sessão de Abertura, destinada a todos os Alunos, pais, responsáveis, potenciais novos alunos e outros interessados. Nessa reunião geral serão apresentadas e esclarecidas as alterações e o funcionamento geral da EMtrad’ nesta nova temporada. A partir dessa reunião se iniciará a marcação de horários e arrancarão as primeiras aulas.

O ensino da música tradicional na d’Orfeu continua, através das suas propostas, a comprovar os méritos de uma acção pedagógica virada para a vivência prática da música e para os processos dinâmicos de reinvenção do património musical tradicional, num contexto nacional de total ausência desta matéria nos programas pedagógicos oficiais, que a d’Orfeu pretende combater com o reforço dos resultados da EMtrad’ - Escola de Música Tradicional.

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Digressão italiana de Toques do Caramulo

foto: © Davide Monetti

O concerto de “Toques do Caramulo” na abertura do Festival ÉtéTrad, sétima edição de um cartaz que já levou outros portugueses até à montanhosa região de Aosta, desmistificou as cambiantes da música lusa a um público entusiasmado: na noite de sexta-feira, aplaudiu-se a genuína criatividade de uma música tradicional que está, para os italianos, bem longe da realidade urbana do nosso internacionalizado fado. O público, tanto ou tão pouco rendido, praticamente esgotou os discos para o resto da tournée italiana.

No domingo, o grupo aportava ao palco principal do Valpolicella SoundPark, numa noite temática dedicada ao folk, num destes festivais de ambiente alternativo. Aos primeiros acordes de “Toques do Caramulo”, o recinto virou atenções para o palco e, até final do concerto, vibrou com aquela música enérgica que era perfeita novidade para um público maioritariamente jovem. A marca do grupo ficou também em Verona.

À hora do fecho deste post, o grupo viajava para o seu terceiro concerto em Itália, em Boves (Cuneo), antes de regressar a solo luso. Após a digressão italiana, os Toques do Caramulo subirão ao palco principal da Festa do Avante, a 6 de Setembro, acompanhados dos mirandeses Galandum Galundaina, para repetir o concerto conjunto recentemente estreado. Esse concerto especial pode também já começar a entrar nas agendas dos aguedenses, pois terá lugar a 10 de Outubro, no Cine-Teatro São Pedro, no encerramento do 7º Festival ‘O Gesto Orelhudo’, com um palco cheio de convidados.

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Tour italiana de Toques do Caramulo

TOQUES DO CARAMULO
3 CONCERTOS EM ITÁLIA

22 Agosto Fénis – VALLE D’AOSTA
Festival Été Trad
http://www.trouveurvaldoten.com/

24 Agosto VERONA
Sound Park Festival
http://www.altrisounds.org/

26 Ago Boves - CUNEO
Festa del Ricetto
http://www.myspace.com/notenonnote

Os Toques do Caramulo partem esta semana para actuar em três diferentes festivais em Itália. A internacionalização do grupo dá passos importantes com estes três concertos, numa altura em que o colectivo já vem sendo presença assídua em palcos de Portugal e Espanha. Este projecto musical desenvolvido no seio da d’Orfeu, em Águeda, dedica-se a dar novos palcos ao repertório esquecido das aldeias serranas da região, através de recriações livres e muito dinâmicas.

A tour italiana de Toques do Caramulo tem o apoio do Instituto Camões.

Já se lê em italiano:
http://www.cuneocronaca.it/news.asp?id=11086&typenews=primapagina
http://www.regione.vda.it/artete/DettaglioArt_i.asp?pkRassegna=59&pkEvento=22476
http://www.aostasera.it/articoli/2008/08/18/6752/la-fanfara-dei-balcani-chiude-musicamondo-e-lascia-il-testimone-a-etetrad
http://www.caggiani.it/blog/2007/11/27/toques-do-caramulo/

Tudo sobre TC e agenda completa de concertos em
http://www.myspace.com/toquesdocaramulo

domingo, 20 de julho de 2008

Toques do Caramulo pela estrada fora

Depois da recente participação, em Coimbra, no Eurofolk Portugal, os Toques do Caramulo prosseguem em tournée pelo país, começando já por um concerto em Aveiro, no grande palco do Rossio, a 17 Julho (quinta-feira). Depois, a sul, a centro e a norte, o país continuará a ouvir a mais rodada criação d’Orfeu. No final de Agosto, o grupo parte para três concertos em festivais no norte de Itália.

AGENDA CONCERTOS JULHO/AGOSTO 2008

17 Julho: Aveiro | Rossio - Festas da Ria
18 Julho: A-dos-Cunhados (Torres Vedras)
20 Julho: Ançã (Cantanhede)
8 e 9 Agosto: Carvalhais - Andanças
14 Agosto: Chaves
22 Agosto: Itália, Valle d’Aosta | Festival Été Trad
24 Agosto: Itália, Verona | Sound Park Festival
26 Agosto: Itália, Boves (Cuneo)

Tudo sobre TC e agenda completa de concertos em
http://www.myspace.com/toquesdocaramulo

sábado, 19 de julho de 2008

Tio BiTle no Agitágueda

próxima terça 22 Julho, 22h00
Agitágueda, Largo 1º Maio, ÁGUEDA
http://www.myspace.com/tiobitle

Tio BiTle é um singela homenagem à banda mais famosa do mundo: The BeaTles. Ultrapassam gerações e fazem parte da história ao ter mudado para sempre o rumo à música mundial. Tio BiTle dá novas sonoridades a temas do enorme legado deixado pelos ‘quatro fabulosos de Liverpool’, fugindo da réplica e aproveitando as diversas influências musicais de cada músico. Clássicos tão famosos como "Love me do", "Strawberry Fields", "Get Back" e outras músicas menos conhecidas do grande público são apresentadas com um som actual, mas com a beleza, a magia e o “beat” que, quarenta anos depois, continuam a encantar audiências. Qualquer semelhança com factos, músicas ou nomes não será pura coincidência.

# Guitarra, Kazoo e Voz : Paulo "McCartney" Brites
# Guitarra, Harmónica e Voz: Zé Tó "Harrison" Rodrigues
# Baixo e voz : Rui "Lennon" Oliveira
# Bateria: Ricardo "Starr" Coutinho

Exposição "Águas Passadas Movem Moinhos"


segunda-feira, 14 de julho de 2008

Por quem um rio troca mil palavras...

GALERIA FOTOGRÁFICA RIO POVO EM
http://riopovo2008.blogspot.com/
FOTOS DE LÉA LÓPEZ, ANDRÉ BRANDÃO E LUÍS OLIVEIRA SANTOS

quinta-feira, 19 de junho de 2008

Nova torrente de emoções sobre o rio Águeda!


RIO POVO

ÁGUEDA, 11 e 12 Julho 2008, 22h00
na antiga piscina fluvial do Rio Águeda

http://riopovo2008.blogspot.com/
http://www.riopovo.blogspot.com/

O MESMO ESPECTÁCULO EM AMBAS AS NOITES
1100 LUGARES DE LOTAÇÃO POR NOITE
BILHETES JÁ À VENDA EM ÁGUEDA E TODA A REGIÃO
PRODUÇÃO INTER-ASSOCIATIVA COM MAIS DE 300 PARTICIPANTES

No ano passado, a ousadia impressionou Águeda e a região. Acontecimento único, duas noites esgotadíssimas, um crescendo apoteótico sobre palcos em pleno rio. A expectativa do público à nascente de uma das maiores operações culturais de sempre em Águeda, levou muitos milhares da ilusão à impaciência perante a lotação afinal escassa. Uma nova edição, a 11 e 12 Julho de 2008 - o mesmo espectáculo nos dois dias -, quer aprumar o que de impressionante e espectacular Rio Povo teve à nascença e arrebatar um público embevecido com o seu Rio Águeda.

Rio Povo, a grande produção inter-associativa que terá lugar em pleno Rio Águeda a 11 e 12 de Julho, apresenta-se novamente como um momento único de projecção da identidade cultural aguedense, resgatando a importância do seu rio, espaço de memórias de várias gerações. Volta a repetir-se a inédita mobilização do associativismo local e da comunidade em torno da montagem destes dois espectáculos. Repete-se a expectativa pelo acontecimento, produzido no âmbito do Agitágueda, iniciativa da Câmara Municipal de Águeda.

A fantasia do guião e a espectacularidade do cenário natural são alimentados por uma interpretação colectiva, com mais de 300 artistas em cena, numa manifestação inter-associativa e comunitária de relevo incomparável. Na estreia, o acontecimento, pelo seu carácter inovador e pelo grande envolvimento local, conseguiu reunir ingredientes de salutar falatório como, por um lado, as duas subidas do caudal que deixaram os palcos submersos nos últimos dias antes dos espectáculos comprometendo seriamente a sua preparação e, por outro, a limitada lotação do local do espectáculo a barrar caminho a uma multidão surpreendida na primeira noite. Rio Povo foi, na sua primeira edição, uma corrente de emoções vividas por todo o contingente humano que edificou o espectáculo, então dividido em duas partes.

Em 2008, o desafio é evoluir o formato da primeira edição de Rio Povo para um espectáculo de guião único e novamente efémero, fundindo ambas as inspirações do ano anterior – o trabalho e a festa junto ao rio -, a ser apresentado num mesmo espectáculo em cada uma das noites, 11 e 12 de Julho próximo, esperando-se que se ampliem as vibrações, como na água, da estrondosa primeira experiência de Rio Povo. Até à apoteose final.

Participa em Rio Povo 2008 um vasto contingente de grupos e associações, maioritariamente do concelho de Águeda, mas também integrando contributos de outros concelhos vizinhos: Agrupamento 141 de Águeda do Corpo Nacional de Escutas, ARCOR – Óis da Ribeira, Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Águeda, Associação Juvenil Saliências, Cantate Iubilo – Barrô, EMtrad’ / d’Orfeu Associação Cultural, Escola Secundária Adolfo Portela, Gaiteiros de São João de Loure, GICA - Ginásio Clube de Águeda, Grupo Folclórico da Região do Vouga, Grupo Folclórico e Etnográfico de Macinhata do Vouga, Grupo Típico O Cancioneiro de Águeda, Núcleo Desportivo de Bolfiar, Orfeão da Associação Cultural de Recardães, Orfeão de Águeda, Orquestra à Margem, Orquestra Típica de Águeda, Os Serranos Associação Etnográfica e outras.


BILHETES À VENDA

Os bilhetes para qualquer das noites de Rio Povo, com o custo simbólico de 2 Euros (para crianças até 12 anos apenas 1 Euro) estão à venda para o público em geral, a partir de 23 de Junho, nos seguintes pontos de venda:
Galeria Municipal de Águeda
Fórum da Juventude de Águeda
Biblioteca Municipal de Águeda
Piscinas Municipais de Águeda
Postos de Turismo Rota da Luz de toda a região


O QUE É RIO POVO?

Rio Povo é uma grande produção artística inter-associativa, cujo cenário natural é o próprio leito do Rio Águeda, marcando de forma indelével a síntese entre a tradição local fortemente associada ao rio, na sua função cultural transmissora entre a serra e o litoral, e o discurso artístico contemporâneo que se lhe quer associar pela acção e reacção dos novos agentes culturais de Águeda.

Este espectáculo traduz, pelo cruzamento de diversas linguagens, as vivências de um povo com tanto de real como de imaginário e que, subindo do mar ou descendo da serra, enraizou as margens do Rio Águeda. Centraliza como inspiração dominante, entre outras tantas tradições, a ancestral azáfama do Cais das Laranjeiras e a animação festiva do Largo da Sra da Boa Morte, ambas as facetas na sua mais íntima relação com o leito estival do Rio Águeda. Nesta reposição em 2008, Rio Povo será um espectáculo único, síntese daquelas inspirações, repetido em noites consecutivas: 11 e 12 de Julho.

A montagem espectáculo "Rio Povo" ocupa o leito do Rio Águeda, de uma à outra margem, com a instalação de múltiplas estruturas, pelas quais se distribuem os elencos e as cenas de Rio Povo, com orquestra, coros, banda filarmónica, tocatas, músicos, actores, dançarinos e bailarinos, outros performers e ainda toda uma série de recursos visuais, multimédia e pirotecnia, numa produção de grande impacto. Este projecto representa, de novo, um desafio aos criadores de cada uma das artes e técnicas envolvidas.

Até à concretização, o projecto maturou durante seis anos entre os seus responsáveis artísticos. Em finais de 2006, com a alvorada de um suporte ao projecto por parte da Câmara Municipal de Águeda, por via do protocolo com a d'Orfeu Associação Cultural, o núcleo de responsáveis artísticos foi motivado a actualizar o guião de Rio Povo e a encetar a necessária mobilização, processos que se adensaram com um propósito que, dessa vez, teve local e data marcada, tendo-se traduzido num manifestação cultural incomparável na história recente do concelho e da região. "Rio Povo" concretizou uma multi-parceria de contornos inéditos, com uma finalidade comum de absoluta pertinência para o contexto associativo local, ávido que está de envolvimento na inovação de propostas culturais.

A iniciativa é artística, contudo resultam dela efeitos socioculturais que a cidade agradece: uma sensibilização e a revitalização da importância do rio, dos recursos que ele emana e da sua vivência pelos cidadãos (começando pelo público cultural, mas por aí não se ficando); a recuperação da antiga piscina fluvial como espaço de memórias de várias gerações, estimulando a produção de eventos em locais abandonados e com história local; a projecção turística e mediática que uma manifestação com este impacto e inovação garante; e a devolução do rio à cidade, algo que as inúmeras iniciativas sociais ou políticas não têm almejado e que se acredita agora poder ser a Cultura uma alavanca eficaz.


ECOS DO RIO POVO 2007
(comentários do público)

“Apesar de ser um projecto muito ambicioso, era também um projecto maduro e pensado com muito detalhe.”

“Tanta gente com vivências tão diferenciadas a trabalharem de forma tão empenhada em torno do Rio. Uns, invertendo o sentido da corrente, revivendo momentos da sua juventude, outros contemplando na água a inocência de tempos que não conheceram.”

“Foi uma excelente forma de despertar um Rio e um Povo que parecem há muito tempo adormecidos para o que se faz na nossa terra e para que não deixem perder o que de bom temos.”

“Foi assim que algumas pessoas que amam a sua terra, como não podem estar longe dela, inventam um rio e umas margens e pintam sobre ela um povo que amam tanto que o tornaram realidade.”

“Foi de facto algo inédito e muito bem concebido! Sei que não é intenção repetir o espectáculo, mas acreditem que voltava a ser um sucesso.”

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Programa detalhado da tardada non-stop

próximo domingo 22 Junho, 14h30-19h00
no Solstício de Orfeu

TamborilandoBelíssimo teatro de pequenos objectos, dedicado às tradições rurais e aos tocadores de flauta de tamborileiro. O pequeno espectador vai entrar dentro da serra e entregar os sentidos à terra, ao vento, à chuva e à neve. Brinquedos tradicionais, caixas, malas, bonecos, coisas da China, água, terra, folhas, uma árvore, lanternas, instrumentos e, no centro de tudo... música, uma flauta com três buracos, um tambor e um guardador de rebanhos. Para pais e crianças até aos 6 anos.

Alexandre Pring & João Gentil
João Gentil é um virtuoso acordeonista. Alexandre Pring é um hábil marionetista. Já Marieta é o nome da marioneta-dançarina de tamanho natural, que ‘dança’ com o próprio Alexandre Pring. A boneca Marieta dança qualquer tipo de música, em alguns casos escolhidas pelo próprio público, como uma salsa, um tango ou um samba. Com charme e ternura, Marieta dança, brinca e interage com a plateia, atraindo a atenção de adultos e crianças. O Solstício de Orfeu juntou o par Marieta x Pring com o acordeonista-orquestra: João Gentil toca para ambos dançarem. O público vai achar um piadão.

Do Fundo do Baú - oficina didáctica de gaita-de-fole para crianças
Do fundo do baú surgem antiguidades, coisas fora de moda... Do fundo do baú renascem sons das gaitas-de-fole de ontem e de hoje, de sempre. Partir à descoberta destes instrumentos musicais antigos, mas actuais, é a proposta desta oficina musical: um momento de interactividade onde as crianças são envolvidas por sonoridades surpreendentes. O que é uma Gaita-de-fole? Quem a inventou e porquê? Como funciona e como se toca? Gaitas-de-fole em todo o mundo? Vamos conhecê-las, situá-las no mapa e tocá-las!

Coro Infantil EMtrad’
Formado muito recentemente – esta será apenas a segunda aparição em público – o Coro Infantil EMtrad’, orientado por Stanislava Pavlov, surgiu como um espaço onde se pode experimentar, partilhar e brincar com a voz, explorando as suas potencialidades através de canções tradicionais infantis, sejam locais, nacionais ou até do mundo. Esta actuação é, simultaneamente, um convite à participação de pequenas novas vozes neste novo projecto da EMtrad’ - Escola de Música Tradicional.

Bando dos Gambozinhos
O Bando dos Gambozinos é um coro infantil com uma invejável carreira artística de várias gerações de crianças, sempre pela mão da compositora e pedagoga Suzana Ralha, e duas mãos cheias de discos editados, o último dos quais vêm apresentar a Águeda. Um grande projecto de educação pela arte, que se apresenta na tardada do Solstício com uma formação de dezenas de pequenos cantores acompanhados por orquestra.

Atelier de danças para crianças
Este atelier será um momento para pais e filhos se divertirem em conjunto a aprender os passos das danças tradicionais. Com música ao vivo dos Mosca Tosca, a monitora Lisou Guerbigny vai propor uma leve viagem por várias culturas, através das suas danças, via privilegiada para a aprendizagem e intercâmbio de saberes e costumes entre diferentes gerações. A roda quer-se grande, para dançar na chegada do Verão.

EMtrad’ - Escola de Música Tradicional
A Escola de Música Tradicional, em final de ano lectivo, vai apresentar pelo Espaço d’Orfeu muito do repertório trabalhado nos últimos meses. Dentro da casa, onde o convite é para circular pelas paredes tão musicais da d’Orfeu, ou no exterior, os alunos e formadores não vão largar as concertinas, as guitarras, os violinos, os cavaquinhos. Na tardada do Solstício, a EMtrad’ vai partilhar a alegria de se aprender a tocar um instrumento.

Era Uma Vez Um Gato Maltês Tocava Kazoo Num Grupo de Jazz Português
Neste concerto didáctico de jazz, Raul é um gato azul que nasceu no seio de uma família de gatos músicos de jazz. Toca kazoo e integra a banda os “swingatos”, da qual faz também parte a sua melhor amiga, Felisbela, a gata amarela. Raul e Felisbela guiam o público numa extraordinária viagem à volta da história do jazz. Pelo caminho, o público miúdo e graúdo é convidado a participar nesta festa de música, experimentando reproduzir ritmos swingados ou cantar alguns standards do jazz.

sábado, 14 de junho de 2008

Perdurem os aplausos!

Fechou o pano sobre as SEXTAS CULTURAIS ÁGUEDA 2008. A aplaudida série de espectáculos pôs Águeda e a região reféns da agenda cultural, mês após mês. A cidade, depois destas Sextas, já não se espanta com salas cheias. Perdurem os aplausos dos 3265 espectadores que foram às Sextas!

MEMORIAL FOTOGRÁFICO
fotos de André Brandão, Marilyn Marques e Léa López

13 Junho | Os Melhores Sketches dos Monty Python
9 Maio | A Naifa
11 Abril | Trilok Gurtu solo
14 Março | Camané
8 Fevereiro | Leo Bassi, “A Revelação”
11 Janeiro | Gaiteiros de Lisboa


As Sextas Culturais Águeda 2008 foram uma iniciativa da Câmara Municipal de Águeda, com programação e produção da d’Orfeu Associação Cultural.

http://www.cm-agueda.pt/
http://www.dorfeu.com/