quarta-feira, 30 de julho de 2014

A melhor edição do festival intermunicipal de músicas do mundo

 Grande, grande, foi a 6ª edição do Festim!

Chegou ao fim o Festim 2014, na passada sexta 25 de Julho, com o marroquino Mehdi Nassouli a encerrar esta incrível sexta edição. Desde o início de Junho, pelos palcos do festival intermunicipal de músicas do mundo também passaram Richard Galliano (França), Yves Lambert (Canadá), Bollywood Masala Orchestra (Índia), Coetus (Espanha), Fanfare Ciocarlia (Roménia) e The Skatalites (Jamaica), num total de 16 concertos ao longo de oito semanas. Um verdadeiro festim!

Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Ovar, Estarreja e Oliveira do Bairro acolheram de novo o Festim, uma aposta conjunta, com crescente adesão por parte dos públicos locais e dos forasteiros que seguem o cartaz do festival intermunicipal. Cerca de oito mil espectadores embarcaram nesta viagem pela diversidade multicultural do Festim, vibraram e deixaram-se encantar pelo elevado nível artístico de todas as propostas musicais, sem excepção, que alternaram entre as melhores salas da região e vários recintos ao ar livre. A parceria em rede entre os 6 Municípios parceiros, numa iniciativa da d’Orfeu Associação Cultural, revelou-se fundamental para conseguir reunir o elenco de luxo desta 6ª edição, a melhor de sempre. A consolidação deste modelo singular de programação destaca o Festim como uma iniciativa ímpar, afirmando-se como um dos principais festivais portugueses dedicados às músicas do mundo.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

opÁ! ou o palco mais cheio do Agitágueda!

 Estreia da orquestra percussiva de Águeda foi um enorme êxito. | foto © Mário Abreu
Foi bonita a festa, opÁ!

Na última quarta-feira, a opÁ! retumbou vigorosamente no palco do AgitÁgueda, que se fez pequeno para a estreia deste projecto comunitário da d'Orfeu, em parceria com a autarquia e com seis instituições do concelho. As repetidas ovações do público e o incontido talento e entusiasmo dos mais de 100 jovens e crianças em palco provaram ser uma aposta ganha a orquestra percussiva de Águeda.

O espectáculo de 9 de Julho, pautado por momentos artísticos de diálogo e aproximação entre a música tradicional aguedense e a expressões mais actuais da dança moderna e do beatbox, sempre ao ritmo da percussão, foi o resultado final do trabalho que se desenvolveu ao longo de muitos meses. A opÁ! É uma orquestra de percussão com carácter artístico, social e interassociativo, tornando protagonistas os mais de cem jovens e crianças das instituições parceiras, Bela Vista - Centro de Educação Integrada, Instituto Duarte de Lemos, Agrupamento de Escolas de Valongo do Vouga, EB1 Mourisca do Vouga, Cruz Vermelha - Delegação de Águeda e Centro Social e Paroquial de Recardães que, ao longo do ano, tiveram formação rítmica e que participaram activamente na construção dos seus próprios instrumentos. A eles se juntaram, para este espectáculo final, vários convidados locais: Constança Seara (beatbox), Guilherme Coelho (concertina), Guilherme Silva (baixo eléctrico), Jewow (beatbox), João Pratas (guitarra eléctrica, gaita-de-foles), Joana Fernandes (voz), Joanne Batista (dança) e Sara Vidal (voz).

A opÁ! distingue-se pelo seu carácter inovador e original, pretendendo ser mais do que uma simples orquestra de percussão. O valor humano está intrínseco ao projecto, que assume uma dimensão social ao ter por missão o envolvimento dos jovens em comunidade e sensibilizá-los para o associativismo, a música, a cultura e a sustentabilidade. A consciencialização ecológica é outro ponto diferenciador, com os instrumentos a serem recuperados ou construídos exclusivamente a partir de materiais reciclados. O resultado esteve à vista e aos ouvidos de todos: um impacto visual retumbante e uma sonoridade surpreendente.

Com direcção artística de Ricardo Falcão e produção de João Balreira, a opÁ! insere-se na actividade curricular da d'Formação, a plataforma formativa da d'Orfeu com coordenação de Léa López. Desde o início dos trabalhos, foi ainda decisivo o acompanhamento dos técnicos de cada uma das instituições, que tomaram igualmente a orquestra percussiva de Águeda como sua: Catarina Teixeira (Instituto Duarte Lemos), Victor Gomes e Paula Santos (Cruz Vermelha), Goreti Silva (Agrupamento de Escolas de Valongo do Vouga), Viviana Gonçalves (CSPR), Antonio Gomes e Goretti Albuquerque (Mourisquinha) e Júlia Silva (Bela Vista). O projecto tem a parceria estratégica da Câmara Municipal de Águeda. Mais sobre a opÁ! em http://www.dorfeu.pt/opa.

Concepção do guião
Ricardo Falcão, João Balreira, Léa López e alunos

Direcção artística
Ricardo Falcão

Produção
João Balreira

Assistência de produção
Aranis Garcia Silva, Aníbal Almeida, Léa Prisca Lopez, Micaela Cipriano, Ivelina Gonçalves, Denise Carlos, Ivan Soares, Sara Vaz, Nininha Ferreira F, Catia HM, Luís Miguel Fernandes, Leandro Filipe, André Henriques, Joana Castanheira, Lucília Gravato e Ana Maria Gravato.

Multimédia
Ana Filipa Flores, Mário Abreu, Andre Brandao, Luís Neves, Sara Henriques

Técnico de som
Gonçalo Abade

Assistência técnica de som
Rui Oliveira e equipa Força da Música

Técnico de luz
Miguel Grácio de Carvalho

Técnico de palco
Hugo Grave

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Mais de 100 jovens percussionistas em palco, na estreia da opÁ!

Projecto comunitário em parceria com instituições sociais do concelho de Águeda.
Grande estreia da opÁ! a 9 de Julho, com mais de 100 jovens percussionistas em palco!

Na noite da próxima quarta 9 de Julho, a opÁ! - orquestra percussiva de Águeda fará subir ao palco do AgitÁgueda mais de 100 jovens do concelho, na apresentação do trabalho musical que têm vindo a desenvolver ao longo dos últimos meses. Este projecto comunitário da d'Orfeu reúne alunos de várias instituições locais, com o intuito de dinamizar uma orquestra de instrumentos de percussão construídos a partir de materiais reciclados ou restaurados. Mais uma aposta d'Orfeu na intervenção social e na educação cultural.

Em parceria com a Bela Vista - Centro de Educação Integrada, Instituto Duarte de Lemos, Agrupamento de Escolas de Valongo do Vouga, EB1 Mourisca do Vouga, Cruz Vermelha - Delegação de Águeda e Centro Social e Paroquial de Recardães, o projecto performativo da opÁ! assume um cariz social, ao mesmo tempo que pretende reforçar a consciência ecológica ao reutilizar materiais não convencionais como canas de bambu, sacos de plástico ou até mesmo latas com uma finalidade artística. Os objectivos pedagógicos são, primordialmente, envolver a comunidade, estimular a participação juvenil nas actividades culturais e sensibilizar os jovens para o associativismo, música, cultura e sustentabilidade.

O espectáculo de estreia da opÁ! terá lugar a 9 de Julho, pelas 22h00 e reunirá, em palco, mais de uma centena de jovens das instituições parcerias, a que se juntam alguns artistas locais convidados a colaborar com o projecto. Para além do seu carácter inter-associativo, o espectáculo da opÁ! tem a especificidade de fazer a ponte entre a identidade tradicional local e a modernidade do mundo global, ao misturar o reportório do cancioneiro tradicional de Águeda com as expressões rítmicas contemporâneas, aproximando as gerações mais novas das nossas raízes. Mais informações em http://www.dorfeu.pt/opa.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

d'Orfeu, o teu clique para a cultura!

 A d’Orfeu sempre à distância mais curta.
http://www.facebook.com/dOrfeuAC
Segue-nos também nas redes sociais!

Temos reduzido ao mínimo essencial o envio da newsletter d’Orfeu por e-mail (canal onde temos mais seguidores, mais de 16 mil), mas a nossa actividade tem continuado muito intensa. Se ainda não o fizeste, convidamos-te a ‘gostar’ da nossa página no facebook e, por aí, passas a acompanhar quotidianamente o muito que acontece a partir da d’Orfeu.

Põe o teu ‘gosto’ na nosso perfil fb:
http://www.facebook.com/dOrfeuAC

Com o Festim a decorrer, podes também ‘gostar’ de:
http://www.facebook.com/dOrfeu.Festim






Roteiro completo de páginas d’Orfeu na Web
http://www.dorfeu.pt/associacao/comunicacao

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Festim aquece motores para a melhor edição de sempre!

O acordeonista Richard Galliano abre o Festim a 6 de Junho, em Águeda.

Richard Galliano abre, a 6 de Junho, a 6ª edição do Festim!
6 municípios vizinhos, 7 grandes nomes das músicas do mundo, 16 concertos

De 6 de Junho a 25 de Julho, Richard Galliano (França), Yves Lambert (Canadá), Bollywood Masala Orchestra (Índia), Coetus (Espanha), Fanfare Ciocarlia (Roménia), The Skatalites (Jamaica) e Mehdi Nassouli (Marrocos) passam pelos municípios de Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Ovar, Estarreja e Oliveira do Bairro, num total de 16 concertos em rede, no incomparável cartaz da 6ª edição do Festim - festival intermunicipal de músicas do mundo.

O Festim tem a honra de abrir a sua 6ª edição com Richard Galliano, num concerto único no Espaço d'Orfeu, em Águeda, no dia 6 de Junho. O acordeonista francês teve o mérito universal de abordar linguagens musicais pouco usuais para o acordeão, nomeadamente o jazz e a música clássica. No Festim, levar-nos-á por uma viagem musical à chanson française, à musette e também ao tango, género que tão intimamente partilhou com Piazzolla.
Ao longo dos seguintes fins-de-semana, num mínimo de dois concertos por grupo, a programação do Festim 2014 distribui-se pelas salas da região, como o Cineteatro Alba (Albergaria-a-Velha), o Centro das Artes e do Espectáculo de Sever do Vouga, o Cine-Teatro de Estarreja e o Quartel das Artes Dr. Alípio Sol (Oliveira do Bairro), bem como espaços ao ar livre: Parque Urbano (Sever do Vouga), Largo 1º de Maio (Águeda), Praça da República (Ovar) e Praia de Esmoriz (Ovar).

Com um singular modelo de programação em rede, numa parceria intermunicipal que envolve os Municípios de Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Ovar, Estarreja e Oliveira do Bairro, juntamente com o apoio oficial da Secretaria de Estado da Cultura / Direcção-Geral das Artes, o reconhecimento desta iniciativa da d'Orfeu Associação Cultural consolida-se cada vez mais como uma imagem de marca da região, tanto pela programação ímpar de artistas de projecção internacional, como pela crescente conquista e fidelização de públicos oriundos de diversas zonas do país. Igualmente a nível internacional, o Festim assume a sua marca, sendo o único membro português da rede europeia “European Forum of Worldwide Music Festivals”.

Toda a programação do Festim 2014 encontra-se disponível em www.festim.pt, sítio oficial do festival. De 6 de Junho a 25 de Julho, é tempo de um grande Festim!

http://www.festim.pt/
http://www.facebook.com/dorfeu.festim

6 Junho a 25 Julho 2014  |  6ª edição
ÁGUEDA * ALBERGARIA-A-VELHA * SEVER DO VOUGA
OVAR * ESTARREJA * OLIVEIRA DO BAIRRO

Richard Galliano (França)
Yves Lambert (Québec, Canadá)    
Bollywood Masala Orchestra (Índia)
Coetus (Espanha)
Fanfare Ciocarlia (Roménia)
The Skatalites (Jamaica)
Mehdi Nassouli (Marrocos)

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Festival i: mais uma edição de sucesso!

Festival i voltou a crescer e, com ele, o público infantil e familiar também!


No passado fim-de-semana, de 16 a 18 de Maio, centenas de crianças e famílias reuniram-se em Águeda para a 6ª edição do Festival i, que levou a sua habitual programação non-stop de música, teatro, dança, cinema e artes circenses a diversos espaços no centro da cidade. Reafirmando o seu lugar cativo na agenda cultural nacional dedicada ao público infantil e familiar, o Festival i 2014 voltou a atrair tanto um público já fidelizado como novos visitantes de diversas zonas do país.

A grande novidade deste ano foi a inesquecível abertura na sexta-feira à noite, dia 16, com o espectáculo "Sonhos de Areia" a transformar a Rua da Venda Nova num inédito palco na cidade, congregando centenas de pessoas de todas as idades. Ao longo de todo o fim-de-semana, a programação estendeu-se de manhã até ao fim da tarde em grande ambiente festivo, com o clima primaveril a ajudar, numa pluralidade de espectáculos e animações a cativar atenções e a conquistar sorrisos de miúdos e graúdos. Paralelamente ao programa público, as sessões escolares durante a semana foram novamente uma aposta em consolidar hábitos culturais à volta das artes de palco nos mais novos.

O sucesso desta edição só foi possível graças ao envolvimento colectivo das entidades parceiras, voluntários, equipa d'Orfeu, artistas, Sócios e Amigos e, claro, ao público. Em Águeda, o Festival i vai crescendo e com ele o público infantil também!

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Esta noite, todos à fantástica abertura do Festival i!

 
Esta noite, rua da Venda Nova transformada em auditório ao ar livre.
Arranca hoje o 6º Festival i, em plena rua!
http://www.dorfeu.pt/i

GRANDE ESPECTÁCULO DE ABERTURA
Sexta 16 Maio, 21h30, Rua da Venda Nova | entrada livre
“Sonhos de Areia”, Cia. Ytuquepintas (Espanha)
Desenhar sonhos na areia, grão a grão, é a arte do ilustrador espanhol Borja González. É este espantoso espectáculo visual que vai abrir a 6ª edição do Festival i, desta vez à noite, em plena rua da Venda Nova. Quadros poéticos e emocionantes são recreados apenas com o movimento das mãos sobre areia, com projecção em grande escala dos desenhos, tão dinâmicos quanto a imaginação de cada um.
VÍDEO: https://www.youtube.com/watch?v=-NDA1w0lN0I


PROGRAMA NON-STOP DO FIM-DE-SEMANA

SÁBADO 17 MAIO

10h30, Biblioteca Municipal Manuel Alegre
“Bebés com Música”, d'Orfeu
Em apenas três quartos de hora, as famílias vão recriar um dia inteiro, desde o acordar até ao anoitecer, através de divertidas canções originais da autoria de Alexandra Silva e João Pratas. Nesta actividade lúdica e pedagógica, às canções juntam-se jogos e danças, mostrando a pequenos e graúdos como a diversão pode ser uma forma de aprender.

14h30, Auditório Ana Paula Silva
“Esqueci-me Como Se Chama”, Pantopeia
Um singular imaginário insólito de situações caricatas e absurdas personagens, que apela ao estímulo da nossa criatividade e originalidade sem limites nem restrições, num conjunto de dez histórias e poemas para a infância, do autor russo Daniil Harms. Uma viagem a um universo infantil de verdade, generosidade e simplicidade.

15h40, Auditório do CEFAS
“A Meias”, Kopinxas
Desprendidos de modos e maneiras, dois personagens partem para um "faz-de-conta" em que a partilha e o aconchego da entreajuda se encontram. Sem palavras e ao som de uma estranha caixa de música, este é um espectáculo de teatro visual para toda a família, onde o murmurinho da infância é sussurrado ao ouvido.

16h00-19h00, Espaço d'Orfeu (tanque)
“Joga i Ginga”, Lud in
O pátio do Espaço d’Orfeu também se enche de brincadeiras com jogos musicais, para regalo da imaginação e diversão. Fazendo do i mais um ponto de Águeda Cidade Lúdica, a Lud in propõe-se ao desenvolvimento de novos métodos pedagógicos para estimular a criatividade. [também no domingo]

16h45, Espaço d'Orfeu (quintal)
“Arre”, AEPGA / Rei sem Roupa
Peça para dois burros e dois actores, directamente do planalto mirandês. Dois contadores de histórias e parábolas, misto de mendigos e jograis, remetem o público para um imaginário de Dom Quixote e Sancho Pança. Espertos, os burros assistem. Este espectáculo, na linha da tradição satírica, é um coice de comicidade popular na sociedade dos tempos que correm.

17h15, Espaço d'Orfeu (latada)
“Ouro Azul”, Encerrado para Obras
E se a água se esgotasse? Este é o ponto de reflexão sobre a importância de preservarmos os recursos hídricos. Livre adaptação de uma lenda aborígene, em que a importância da água é demonstrada com humor, este espectáculo cruza várias linguagens artísticas como a dança, o gesto, o contador de histórias, a música ao vivo. Educação ambiental cómica.

18h15, Espaço d'Orfeu (tenda)
“Orquestra dos Brinquedos”, Foco Musical
Uma viagem pela história da música clássica com uma orquestra muito original. Concerto satírico e colorido, exclusivamente com instrumentos de plástico e outros brinquedos sonoros, brincando com a solenidade das grandes orquestras. Além de insólito e divertido, este espectáculo estimula a utilização de materiais alternativos para a prática musical.

DOMINGO 18 MAIO

10h30, Salão de Chá do Parque da Alta Vila
“Oficina de Animação de Curtas-Metragens”, Cinanima
A 7ª Arte chega pela primeira vez ao roteiro do i numa selecção de curtas-metragens que o Cinanima - Festival Internacional de Cinema de Animação traz para deleite de adultos e crianças. Esta sessão é complementada de seguida com uma oficina prática de introdução à imagem animada, onde se vai poder desenhar e construir vários brinquedos ópticos.

14h30, Auditório Ana Paula Silva
“As Aventuras de Polichinelo”, Zunzum
Um grande e misterioso ovo apareceu num reino muito distante. O Rei não sabia o que pensar. A Princesa, destemida, queria vê-lo. O vaidoso e ganancioso Conselheiro Mor queria era aproveitar-se do ovo para se promover. Certo é que ninguém esperava o que viria a acontecer. Com este ovo, o palácio do reino encheu-se de fantásticas peripécias!

15h40, Auditório do CEFAS
“Clean, Play, Clown”, BAAL 17
Duas equipas rivais confrontam-se num jogo de computador: as Energias Renováveis, amigas do ambiente, e as Não-Renováveis, poluentes e esgotáveis. Em sucessivas provas, três personagens vão passar por muitas peripécias cómicas e desafios de “alta-tensão”. Mas quem vai ganhar e porquê?

16h00-19h00, Espaço d'Orfeu (pátio)
“A Seguir És Tu”, EPA
O ambiente familiar do Festival i não fica completo sem animações pelo Espaço d’Orfeu, com pinturas faciais e modelagem de balões. Entre um espectáculo e outro, os alunos de Animação Sociocultural da Escola Profissional de Aveiro vão mimar a criançada com o seu talento. [também no sábado]

16h45, Espaço d'Orfeu (tenda)
“Baile Zampadanças”, PédeXumbo
Um menú recheado de músicas tradicionais, para uma refeição completa de danças de vários países em família. O cozinheiro-chefe vai apresentando as diferentes receitas para saborearmos os mais diversos ritmos de todo o mundo. Junta-se um pézinho de dança e o baile fica recheado de muita diversão!

17h15, Espaço d'Orfeu (latada)
“Sopa da Pedra”, Chão de Oliva
Uma única pedra pode ser o ingrediente especial para uma deliciosa sopa. E se não acreditam, dois frades franciscanos vão demonstrá-lo com marionetas construídas à vista de todos, com materiais ou objectos pouco comuns, ao mesmo tempo que também nos contam divertidas histórias de vida do seu mentor Francisco de Assis. Boa disposição à mesa!

18h15, Espaço d'Orfeu (tenda)
Peter Punk (Galiza)
Para terminar o i em tom de festa e de humor, da Galiza chega-nos Peter Punk, uma personagem que se recusa a crescer e a perder o lado mais jovial e brincalhão. Com uma comicidade contagiante e original, este é um espectáculo onde a gargalhada facilmente se deixa soltar. Meninos e meninas, o circo vai começar!

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Festim 2014 revelou cartaz completo em Conferência de Imprensa

 Municípios e d’Orfeu anunciaram hoje, em Oliveira do Bairro, o cartaz completo da 6ª edição
Programa do Festim 2014 apresentado!

http://www.festim.pt/
6 Junho a 25 Julho 2014 |  6ª edição

OS 7 NOMES DA 6ª EDIÇÃO
Richard Galliano (França)
Yves Lambert (Québec, Canadá)
Bollywood Masala Orchestra (Índia)
Coetus (Espanha)
Fanfare Ciocarlia (Roménia)
The Skatalites (Jamaica)
Mehdi Nassouli (Marrocos)

O cartaz completo da 6ª edição do Festim - festival intermunicipal de músicas do mundo foi hoje apresentado no Quartel das Artes Dr. Alípio Sol, em Oliveira do Bairro, numa Conferência de Imprensa conjunta com os seis Municípios parceiros. De 6 de Junho a 25 de Julho, a edição deste ano estende-se por um total de 16 concertos em rede e quer surpreender, mais uma vez, o público da região e do país, com a vinda a Portugal de sete grandes nomes da world music. A garantia de excelência e diversidade musical fica, mais uma vez, assegurada por um festival que se distingue pelo seu singular modelo de programação e descentralização cultural.

A apresentação contou com as intervenções de Elsa Pires (CM Oliveira do Bairro), Elsa Corga (CM Águeda), Ana Maria Silva (CM Albergaria-a-Velha), Almeida e Costa (CM Sever do Vouga), Alexandre Rosas (CM Ovar), João Alegria (CM Estarreja) - autarcas dos Municípios parceiros - e do programador do festival, Luís Fernandes (d'Orfeu Associação Cultural). Palco de geografias fascinantes e improváveis descobertas, o Festim oferece os encantos de toda uma região ao público que assistir aos concertos de Richard Galliano (França), Yves Lambert (Québec, Canadá), Bollywood Masala Orchestra (Índia), Coetus (Espanha), Fanfare Ciocarlia (Roménia), The Skatalites (Jamaica) e Mehdi Nassouli (Marrocos).

Único festival português a integrar a rede europeia “European Forum of Worldwide Music Festivals”, o Festim acontece, de novo, a partir de 6 de Junho!

todo o programa está no sítio oficial
http://www.festim.pt/
http://www.facebook.com/dorfeu.festim


domingo, 4 de maio de 2014

Sextas Culturais apresentam REPORTÓRIO OSÓRIO a 9 de Maio!

 Com CD “Canções de Umor”, bilhete grátis para o concerto de 9 de Maio!

Reportório Osório fecha tour nacional em Águeda, nas Sextas Culturais


PROMOÇÃO “BILHETE OU DISCO”

A tour nacional do Reportório Osório vai terminar com concerto em Águeda, a 9 de Maio, nas Sextas Culturais. E temos um bilhete para ti! Ainda não tens o CD do Reportório Osório? Não fiques indefinidamente assim.

Se comprares o teu CD “Canções de Umor” até à véspera, ganhas um bilhete grátis para assistir ao concerto de 9 de Maio. Se já tens disco, basta apresentá-lo na d’Orfeu para fazer o levantamento do bilhete.

Campanha válida, apenas no Espaço d’Orfeu, até à véspera do concerto (quinta 8 de Maio). Mais info sobre o CD: http://www.dorfeu.pt/edicao/RO.

sábado, 26 de abril de 2014

Termina em Águeda, a 9 de Maio, a Tour Nacional "Canções de Umor"!

CD “Canções de Umor” vale entrada gratuita para o concerto de 9 de Maio 
© foto Léa Lopez | d’Orfeu 2014

Reportório Osório fecha tour nacional em Águeda, nas Sextas Culturais!


A digressão nacional de Reportório Osório, a mais recente criação da d'Orfeu, tem levado "Canções de Umor" por todo o país, entrando agora nas últimas apresentações. O culminar de quinze concertos ao vivo terá lugar em Águeda na próxima sexta-feira 9 de Maio, no Cine-Teatro São Pedro, no palco das Sextas Culturais. Os bilhetes já estão à venda e a entrada é gratuita para quem se apresentar com o CD “Canções de Umor” na mão!

Acompanhado ao acordeão por Sónia Sobral e com músicas do compositor Luís Cardoso, o novo projecto criativo de Luís Fernandes, que além de intérprete se estreia como letrista, tem recolhido aplausos de norte a sul do país e de excelentes críticas na imprensa nacional. O quotidiano das relações afectivas transformado em canções irónicas conferem a Reportório Osório uma frescura e originalidade em palco, perpetuadas no disco editado sob a chancela da d'Eurídice, o braço editorial da d'Orfeu, com produção, gravação, mistura e masterização de Rui Oliveira e ilustrações, direcção editorial e grafismo de Léa López. O disco pode ser comprado nos concertos da digressão ou através do email lojinha@dorfeu.pt, estando também disponível na d’Orfeu, nas lojas FNAC e em pontos de venda de entidades parceiras.

Antes do concerto final em Águeda, o Reportório Osório vai levar ainda as mais belas "Canções de Umor" ao Quartel das Artes, em Oliveira do Bairro (30 Abril), ao Festival "Palco para Dois ou Menos" em Carregal do Sal (2 Maio) e ao Club de Vila Real (3 Maio), depois de já ter passado por Viseu, Lisboa, Beja, Guarda, Mortágua, Évora, Estarreja e Vouzela nesta tour nacional.