quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Este sábado, Reportório Osório @ Mercado Negro, Aveiro!

Aveiro não se cansa do Reportório Osório!

sábado 21 janeiro, 22h00
Aveiro  |  Mercado Negro
8º aniversário de “A Certeza da Música”
BILHETES À VENDA

Foto © Ana Filipa Flores | d’Orfeu AC 


www.dorfeu.pt/reportorioosorio

Faltam duas semanas! Inscrições OuTonalidades até 31 janeiro.


Atenção, grupos! Circuito português de música ao vivo prepara 21ª edição.
Inscrições OuTonalidades 2017 até 31 janeiro! Últimas duas semanas.
INSCRIÇÕES ONLINE
www.dorfeu.pt/outonalidades
(até 31 janeiro 2017)

Termina a 31 de janeiro o período de inscrições para os projetos musicais, de todos os géneros, que pretendam integrar a Bolsa de Grupos da 21ª edição do OuTonalidades. Em 2016, o circuito português de música ao vivo levou 38 grupos (num total de 70 concertos) a percorrer 40 espaços, não só em Portugal, mas também incluindo extensões em Espanha, França e, pela primeira vez, no Brasil

Além da circulação de grupos portugueses por uma imensa rede de espaços culturais do país, em 2017, será reforçada a estratégia de colaboração com outros circuitos e festivais, extravasando o calendário e a rede do próprio circuito. Os grupos poderão definir o escalão de cachet pretendido, de entre 8 opções disponíveis, entre os 300 e os 1000 Euros por concerto.

Para os grupos que se inscrevem pela primeira vez, será necessário criar uma conta de utilizador no portal da d'Orfeu. Os grupos que já se registaram em edições anteriores devem aceder à plataforma com a sua conta e, simplesmente, atualizar os dados. A jóia de inscrição, no valor de 15€, permanece inalterada e representa um contributo para a sustentabilidade do evento.

Após os processos de pré-seleção (fevereiro) e programação (março a julho), aos grupos programados o circuito assegurará o cachet (consoante escalão, a pré-definir pelo próprio grupo na inscrição), jantar, alojamento e rider técnico. Não assegura deslocações.

O OuTonalidades continua aberto à participação de grupos estrangeiros, condicionada ao estabelecimento de permutas internacionais, cujos beneficiários serão os grupos portugueses inscritos.


Junta o teu grupo ao OuTonalidades!
www.dorfeu.pt/outonalidades
Para esclarecimento de dúvidas, contactar outonalidades@dorfeu.pt ou utilizar o formulário de esclarecimentos existente na plataforma online.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Inicia hoje a venda de bilhetes concerto Toques do Caramulo!

Concerto a 10 de março nas Sextas Culturais, em Águeda.
Disponíveis, a partir de hoje, os bilhetes para o concerto de apresentação de “Mexe!” 
Quem já adquiriu o CD pode levantar os seus bilhetes a partir de hoje.

PONTOS DE VENDA (E TROCA DE VALES)
Águeda: Piscinas Municipais / Biblioteca Municipal / Espaço d’Orfeu
(Cine-Teatro São Pedro apenas no dia do concerto)
Preço dos bilhetes: pré-venda 5€; no dia do concerto 8€.

A partir de hoje, 16 de janeiro, data oficial de lançamento do CD “Mexe!”, estão disponíveis para venda (ou para troca) os bilhetes para o concerto de apresentação do novo disco de Toques de Caramulo no Cine-Teatro São Pedro, em Águeda, no dia 10 de Março, às 22h00, no âmbito das Sextas Culturais, iniciativa da Câmara Municipal de Águeda. A formação de Toques do Caramulo vai apresentar-se, ao vivo, na companhia dos principais convidados do disco, entre os quais Eliseo Parra e Manuel Maio.

Até ao dia do concerto, numa campanha especial de lançamento, é possível adquirir dois discos por 15€ (sendo o preço unitário de 10€) e cada disco dá sempre direito a um bilhete para esse concerto tão especial. A venda de CDs decorre no Espaço d’Orfeu ou solicitando envio à cobrança através do e-mail lojinha@dorfeu.pt .

Quem já adquiriu o disco deve, na posse do Vale oferecido, proceder à troca pelos bilhetes da sua conveniência num dos Pontos de Venda: Piscinas Municipais, Biblioteca Municipal e Espaço d’Orfeu. Uma vez que há lugares marcados, a escolha dos melhores lugares depende da antecedência com que seja feita a compra ou levantamento dos bilhetes.

Videoclipe oficial “Pena Verde”


“Mexe!” à venda!

-->

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Concerto de Reis EMtrad', a 20 janeiro, no CEFAS!

Alunos e professores da EMtrad’ em Concerto de Reis!

SEXTA 20 JANEIRO, 21h00
Auditório do CEFAS (entrada livre)

A EMtrad’ – Escola de Música Tradicional da d’Orfeu AC prepara audição trimestral.

No próximo dia 20 de janeiro, às 21h00, a EMtrad' - Escola de Música Tradicional da d’Orfeu AC promove um encontro de alunos e professores, em formato de concerto, no Auditório do CEFAS, em Águeda. Num ambiente informal, os alunos vão mostrar o que aprenderam no primeiro trimestre do ano letivo. Guitarra, clarinete, piano, bateria e concertina são alguns dos instrumentos que vão estar representados, por miúdos e graúdos, neste Concerto de Reis. Durante cerca de uma hora, alunos e professores da EMtrad’ irão interpretar temas do cancioneiro aguedense e algumas músicas de Natal, além de reinterpretar autores dos nossos dias. Atenção, este concerto está sujeito a falhas! Preparem-se para aplaudi-las!

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Mexe! - o novo disco de Toques do Caramulo!

CD foi produzido por Eliseo Parra e Manuel Maio, com a participação especial de Hermeto Pascoal.
Toques do Caramulo editam terceiro disco!
“Mexe!” é lançado a 16 de janeiro.

Videoclipe oficial “Pena Verde
16 de janeiro é a data de lançamento oficial do novo disco de Toques do Caramulo. Chama-se “Mexe!”, foi gravado durante o último ano e conta com participações especiais de Hermeto Pascoal e Eliseo Parra, tendo sido produzido por este último e por Manuel Maio. Com o novo disco na bagagem, o grupo prosseguirá em 2017 a sua digressão nacional e internacional. O concerto de apresentação em Águeda será a 10 de março.

Depois de “Toques do Caramulo é ao Vivo!” (2007) e “Retoques” (2011), o projeto criativo mais identitário da d’Orfeu lança novo disco. “Mexe!” tem selo d'Eurídice, braço editorial da d'Orfeu AC, e é oficialmente lançado a 16 janeiro. No paradoxo de um título nascido quando, em estúdio, se gritou o triunfal “não mexe!”, o terceiro disco de Toques do Caramulo é um rodopio alegre e também profundo. Este álbum de sons resgata os primeiros viras retocados, reminiscência da dança. E deslinda recolhas de palavras bem ditas, ecos de festa na boca da serra. Traz ainda modas pintadas de fresco que, velhas, mexem todas só de vestir novo. Toques do Caramulo, no disco ou em palco, é tradição vivida, retocada e mexida.

O novo disco, marco importante do percurso dos Toques do Caramulo, conta com Luís Fernandes (voz, acordeão, flauta, viola braguesa), Pedro Martins (bandolim, violino), Miguel Cardoso (contrabaixo), Alex Duarte (guitarra, flauta), Gonçalo Garcia (bateria e percussões), que aprofundaram neste “Mexe!” um trabalho coletivo de vozes, cada vez mais presentes na sonoridade do grupo. Todos os temas são tradicionais, com arranjos de Luís Fernandes e, num dos temas, também de Manuel Maio. O cantautor espanhol Eliseo Parra e o multi-instrumentista português Manuel Maio, além de assinarem a produção do disco, participam também como músicos convidados em alguns temas, além de Sónia Sobral (acordeão), Ana Conceição (violoncelo) e Rui Ferreira (cavaquinho), sendo este último responsável pelas misturas e masterização.

O disco contém algumas verdadeiras pérolas, tal como uma recolha local, com a voz de David Fernandes, musicada pelo brasileiro Hermeto Pascoal com o Som da Aura, técnica sonora celebrizada pelo músico brasileiro. Outra fusão é a de uma recolha dos anos setenta, numa aldeia serrana do concelho de Águeda, feita por Américo Fernandes ao repentista José Carlos, que é cantada por cima de um dos temas mais antigos do repertório de Toques do Caramulo. O disco resgata ainda, de forma simbólica e criativa, as primeiras gravações de Rui Oliveira para este mesmo disco em 2013, então não editado, com a formação à data, matizando a própria história de Toques do Caramulo.

“Mexe!” foi gravado entre fevereiro e maio de 2016, no estúdio de Eliseo Parra em Candeleda (Espanha) e nos estúdios do DeCA – Universidade de Aveiro (Portugal). Esta edição conta com os apoios da AC/E Acción Cultural Española, da Fundação GDA, do DeCA / Universidade de Aveiro, da Câmara Municipal de Águeda e da Direção-Geral das Artes.    

Vídeos das gravações em estúdio:

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Inscrições abertas para o OuTonalidades 2017!

Aberto o período de inscrição de grupos para a 21ª edição do circuito.
OuTonalidades 2017 começa agora!
Inscrições abertas para grupos.

INSCRIÇÕES ONLINE (até 31 janeiro 2017)

Abre oficialmente hoje, 16 de dezembro, o período de inscrições para os projetos musicais, de todos os géneros, que pretendam integrar a Bolsa de Grupos do OuTonalidades 2017. Terminada ontem a edição deste ano (que atingiu um total de 70 concertos), o circuito português de música ao vivo inicia a preparação da próxima edição. Até 31 de janeiro, os grupos interessados podem submeter a sua inscrição através do site oficial. 

Depois de mais uma edição de sucesso, que levou o melhor da música ao vivo a percorrer o país de norte a sul, realizando concertos também em Espanha, França e, pela primeira vez, no Brasil, o OuTonalidades prossegue a sua missão de incentivo à circulação da música ao vivo. Com a 21ª edição marcada para o próximo outono (setembro a dezembro de 2017), o OuTonalidades irá reforçar a estratégia de colaboração com circuitos e festivais, tanto no estrangeiro como em Portugal, permitindo aos grupos selecionados mais oportunidades, que extravasam o tempo e os espaços do próprio circuito. 

Após a inscrição de grupos, e até finais de fevereiro, irá decorrer a fase de pré-seleção, da qual resultará a Bolsa de Grupos disponível para os espaços interessados em acolher o circuito. Para este processo, a d’Orfeu AC irá convidar vários músicos, jornalistas, produtores, bloggers e programadores do meio cultural, na qualidade de Conselheiros do OuTonalidades 2017. Entre março e julho segue-se a fase de programação, em que os espaços aderentes selecionam os grupos que pretendem acolher de setembro a dezembro de 2017, na 21ª edição do circuito!

Junta o teu grupo ao OuTonalidades!
www.dorfeu.pt/outonalidades

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

OuTonalidades 2016 na reta final!

20º OuTonalidades termina a 15 de dezembro, depois de 70 concertos!


Kepa Junkera Trío é um dos últimos projetos a pisar os palcos nacionais da 20ª edição do circuito.

A percorrer o país de lés-a-lés desde 21 de setembro, o OuTonalidades 2016 chega este mês ao fim, levando aos palcos do circuito português os últimos nomes da temporada: Uxía & João Gentil, Kepa Junkera Trío, Songbird e César Cardoso Quartet. Há música ao vivo em Estarreja, Ovar, Tavira, Idanha e Guarda até final desta 20º edição.

Esta edição do circuito português de música ao vivo contou com 70 concertos, de 38 grupos, em 40 espaços, distribuídos por Portugal, Galiza e diversas extensões nacionais e internacionais estabelecidas para 2016, fruto de parcerias da d’Orfeu AC. Estas parcerias, em franca expansão, extravasam o tempo e os espaços do próprio circuito OuTonalidades e levaram 14 grupos a realizar 22 concertos em 4 países: Portugal, Espanha, França e, pela primeira vez, no Brasil.

Em Portugal, o melhor da música ao vivo passou por Águeda, Ovar, Albergaria-a-Velha, Santa Maria da Feira, Viseu, Penedono, Tavira, Sever do Vouga, Idanha-a-Nova, Estarreja, Idanha-a-Velha e Famalicão da Serra. Coordenado pela d’Orfeu AC, em colaboração direta com inúmeros parceiros (Municípios, Teatros, Associações), o circuito consolidou, assim, uma grande rede de programação que junta grupos emergentes e reconhecidos, todos de inegável qualidade, resultantes de um processo que iniciou com 253 grupos candidatos.

O próximo OuTonalidades já está em preparação, iniciando-se no dia 16 de dezembro (e até 31 de janeiro) o período para as inscrições de grupos para a edição de 2017 do circuito, que deverão ser submetidas emwww.dorfeu.pt/outonalidades.


PRÓXIMOS (E ÚLTIMOS) CONCERTOS OUTONALIDADES 2016: 
QUA 7 DEZ, 22H00
Uxía&João Gentil | Café-concerto do Cine-Teatro de Estarreja

SEX 9 DEZ, 22h00
Songbird | Centro de Arte de Ovar
Kepa Junkera Trío | Casa do Povo de Santo Estêvão, Tavira

SÁB 10 DEZ, 21H30
Kepa Junkera Trío | V Festival Fora do Lugar, Idanha-a-Velha

DOM 11 DEZ, 18H00
Kepa Junkera Trío | Casa da Cultura de Famalicão da Serra, Guarda

QUI 15 DEZ, 21H30
César Cardoso Quartet ”Bottom Shelf” | Museu Júlio Dinis, Ovar

+ INFO: www.dorfeu.pt/outonalidades
Segue o circuito também em www.facebook.com/outonalidades

Novo disco de Toques do Caramulo já "Mexe!"

CD “Mexe!” foi pré-lançado e está disponível em condições exclusivas.

Videoclipe já rola, novo disco já mexe! 
Vídeoclipe “Pena Verde” (CD Mexe!, 2017)


Foi apresentado a 2 de dezembro, no intimismo do bard’O, o novo álbum dos Toques do Caramulo “Mexe!”, numa sessão que, além da viagem aos bastidores de todo o processo de gravação, deu também a conhecer o videoclipe oficial do tema “Pena Verde”. O disco será editado oficialmente em janeiro de 2017 e o concerto de apresentação, em Águeda, terá lugar a 10 de março de 2017.

Mexe!, cujo lançamento nacional está previsto para janeiro próximo, é o terceiro disco do percurso dos Toques do Caramulo. No paradoxo de um título nascido quando, em estúdio, se gritou o triunfal não mexe!, este disco é um rodopio alegre e também profundo, que conta com participações especiais de Eliseo Parra e Hermeto Pascoal, entre outros convidados. Foi produzido por Eliseo Parra e Manuel Maio, tendo sido gravado entre Portugal e Espanha.

Mesmo antes da edição oficial, “Mexe!” já está disponível em condições exclusivas. A compra de CD dá direito à oferta de bilhete para o concerto de apresentação de Mexe! a 10 março de 2017, em Águeda, integrado na programação das Sextas Culturais. Com a campanha em vigor, é possível também adquirir dois discos por 15 (sendo o preço unitário de 10), sempre com a oferta dos respetivos bilhetes. A venda decorre na Lojinha do Espaço dOrfeu ou solicitando envio à cobrança através do e-mail lojinha@dorfeu.pt. Toda a informação em www.dorfeu.pt/lojinha

Na sessão de pré-lançamento, que brindou os presentes com diversas curiosidades sobre o novo disco, foi anunciada a edição de um Manual de Partituras com os arranjos originais de Toques do Caramulo. Foi ainda apresentado o videoclipe oficial do tema Pena Verde que, nestes primeiros dias, conta já com milhares de visualizações e centenas de partilhas no Facebook oficial do grupo, em www.facebook.com/toquesdocaramulo.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

2 dezembro, OuTonalidades e muito mais, no Espaço d'Orfeu!

O portão vai abrir para a rua, com OuTonalidades, aniversário, CD novo e outras novidades!
Espaço d’Orfeu em modo celebração, com rock francês na latada! 

SEXTA 2 DEZEMBRO, 22h00
Espaço d’Orfeu | Águeda
[Caméra] - França 
18h30 pré-lançamento do CD “Mexe!”
20h30 Assembleia Geral (para Sócios)

Prestes a cumprir 21 anos, a d’Orfeu AC anuncia, para sexta-feira 2 de dezembro, um fim de dia intenso: começa com um pré-lançamento de “Mexe!”, o novo disco de Toques do Caramulo (18h30), prossegue com uma Assembleia Geral de Sócios (20h30) e culmina, pelas 22h00, na latada, com o concerto do franceses [Caméra], um dos grupos internacionais do OuTonalidades 2016. A entrada é livre e a noite é de festa! 

Diretamente de França, os [Caméra] são o terceiro e último nome escolhido para o OuTonalidades 2016 em Águeda, com atuação marcada para 2 de dezembro pelas 22h00, enquanto o circuito continua a percorrer o país até 16 de dezembro. Com vozes quentes e guitarras enérgicas, os [Caméra] prometem uma noite de puro rock, que descrevem como uma pintura sonora para testemunhar a nossa existência, sentimentos e visões. Este concerto na latada do Espaço d’Orfeu, de portão aberto como extensão da rua, assinala também a despedida deste espaço tal como o conhecemos, pois antecede uma intervenção de fundo que o requalificará a curto prazo, com novas valências para a atividade da Associação.

Mas o programa de atividades dessa sexta-feira começa mais cedo. Pelas 18h30, o bard’O acolhe a sessão de pré-lançamento do novo disco dos Toques do Caramulo - Mexe! -, cujo lançamento oficial será em 2017. Além de filmagens das gravações em Portugal e Espanha e da apresentação das curiosidades do disco, será apresentado, em primeira mão, o videoclipe oficial. Os presentes poderão, exclusivamente nesse dia, comprar o disco “Mexe!” em condições irrepetíveis (dois CD pelo preço de um, com o bónus de bilhetes para o concerto de lançamento em Águeda, cuja data e local serão também ali anunciados). Neste encontro será ainda desvendada outra novidade: a edição de um Manual de Partituras com os arranjos originais de Toques do Caramulo, na relação umbilical que este projeto criativo tem com a formação. Vai ser possível conhecer mais detalhes sobre o projeto e apalpar um exemplar de prova. E as novidades não ficarão por aí.

Ainda na noite de 2 de dezembro, às 20h30, terá lugar na sede uma Assembleia Geral, mobilizando os Sócios entre motivos vários de celebração. Entre discos novos em folha, discussões associativas e música, muita música, prevê-se uma noite longa e festejada no Espaço d’Orfeu a 2 de dezembro. À beira dos 21 anos, somos todos d’Orfeu!

Todo o programa OuTonalidades 2016: www.dorfeu.pt/outonalidades
Segue o circuito também em www.facebook.com/outonalidades 

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Mexe! - o novo disco de Toques do Caramulo!

Terceiro disco do grupo foi produzido por Eliseo Parra e Manuel Maio
Toques do Caramulo de regresso aos discos!
Pré-lançamento de “Mexe!” a 2 de dezembro.


Foto © Ana Filipa Flores | d’Orfeu

Vídeos promocionais das gravações em estúdio:

Está pronto o novo disco dos Toques do Caramulo. Chama-se “Mexe!”, foi gravado durante o último ano e conta com participações especiais de Hermeto Pascoal e Eliseo Parra, tendo sido produzido por este último e por Manuel Maio. Depois de “Toques do Caramulo é ao Vivo!” (2007) e “Retoques” (2011), o projeto criativo mais identitário da d’Orfeu lança novo CD, uma década depois do primeiro. Com o novo disco na bagagem, o grupo prosseguirá em 2017 a sua digressão nacional e internacional.

A d'Eurídice, braço editorial da d'Orfeu AC, vai editar “Mexe!” em janeiro de 2017. A sessão de pré-lançamento, com apresentação do disco, está marcada para 2 dezembro ao final da tarde, no Espaço d’Orfeu, onde será possível percorrer todo o processo de gravações e conhecer, em primeira mão, o seu alinhamento e as suas curiosidades. Os presentes nesse dia poderão, ainda, pré-adquirir o CD em condições muito especiais, mesmo antes do lançamento oficial.

No paradoxo de um título nascido quando, em estúdio, se gritou o triunfal “não mexe!”, o terceiro disco de Toques do Caramulo é um rodopio alegre e também profundo. Este álbum de sons resgata os primeiros viras retocados, reminiscência da dança. E deslinda recolhas de palavras bem ditas, ecos de festa na boca da serra. Traz ainda modas pintadas de fresco que, velhas, mexem todas só de vestir novo. Toques do Caramulo, no disco ou em palco, é tradição vivida, retocada e mexida.

O novo disco, marco importante do percurso dos Toques do Caramulo, conta com Luís Fernandes (voz, acordeão, flauta, viola braguesa), Pedro Martins (bandolim, violino), Miguel Cardoso (contrabaixo), Alex Duarte (guitarra, flauta), Gonçalo Garcia (bateria e percussões), que aprofundaram neste “Mexe!” um trabalho coletivo de vozes, cada vez mais presentes na sonoridade do grupo. Todos os temas são tradicionais, com arranjos de Luís Fernandes e, num dos temas, também de Manuel Maio. O cantautor espanhol Eliseo Parra e o multi-instrumentista português Manuel Maio, além de assinarem a produção do disco, participam também como músicos convidados em alguns temas, além de Sónia Sobral (acordeão), Ana Conceição (violoncelo) e Rui Ferreira (cavaquinho), sendo este último responsável pelas misturas e masterização.

O disco contém algumas verdadeiras pérolas, tal como uma recolha local, com a voz de David Fernandes, musicada pelo brasileiro Hermeto Pascoal com o Som da Aura, técnica sonora celebrizada pelo músico brasileiro. Outra fusão é a de uma recolha dos anos setenta, numa aldeia serrana do concelho de Águeda, feita por Américo Fernandes ao repentista José Carlos, que é cantada por cima de um dos temas mais antigos do repertório de Toques do Caramulo. O disco resgata ainda, de forma simbólica e criativa, as primeiras gravações de Rui Oliveira para este mesmo disco em 2013, então não editado, com a formação à data (Lara Figueiredo, Aníbal Almeida, Francisco Almeida, Ricardo Coutinho, além de Luís Fernandes e Miguel Cardoso), matizando a própria história de Toques do Caramulo.

“Mexe!” foi gravado entre fevereiro e maio de 2016, no estúdio de Eliseo Parra em Candeleda (Espanha) e nos estúdios do DeCA – Universidade de Aveiro (Portugal). Esta edição conta com os apoios da AC/E Acción Cultural Española, da Fundação GDA, do DeCA / Universidade de Aveiro, da Câmara Municipal de Águeda e da Direção-Geral das Artes.