sábado, 2 de maio de 2009

d'Orfeu recebe Prémio nacional "Adriano Correia de Oliveira" do Festival Cantar Abril

O tema “A Acupunctura em Odemira” foi o grande vencedor do Festival “Cantar Abril”, na modalidade de recriação de canções de resistência, cuja final nacional decorreu no Teatro Municipal de Almada no passado 30 de Abril.

Recuperado do antigo projecto da d’Orfeu “Os CantAutores”, o arranjo de Luís Fernandes, para formação de sopros, sobre o tema de José Afonso/Fausto “A Acupunctura em Odemira” recebeu o prémio para a melhor Recriação, na final do Festival Cantar Abril, promovido pela Câmara Municipal de Almada. Os outros premiados do Cantar Abril 2009 foram Sérgio Godinho (Prémio Carreira), A Presença das Formigas (Prémio Criação) e Mário Morais (Prémio “Ary dos Santos”).

O júri, constituído por Fernando Tordo, João Afonso, Amélia Muge, Samuel e André Santos, elegeu o tema levado a concurso pela d’Orfeu, depois de uma selecção de mais de duas centenas de canções concorrentes de todo o país, a que seguiram as eliminatórias em palco a 16 e 17 Abril e, por fim, a final no Teatro Municipal de Almada completamente cheio, em que actuaram os 5 finalistas de cada modalidade.

Pela d’Orfeu e reeditando parcialmente a formação de sopros de “Os CantAutores”, Luís Fernandes (flautim e voz) e Abílio Liberal (tuba) apresentaram-se com Guto Lucena e Jean-Marc Charmier (respectivamente sax soprano e fliscorne, músicos da orquestra residente do festival, dirigida por António Palma). Os dois músicos trouxeram para Águeda o Prémio “Adriano Correia de Oliveira”.

O Festival Cantar Abril é uma iniciativa bienal da Câmara Municipal de Almada que pretende homenagear a música de intervenção e os ideais de Abril, destinada a artistas e grupos de todo o país. O espectáculo da final, com as 10 canções finalistas no palco do Teatro Municipal de Almada, foi gravado na íntegra e prevê-se que seja brevemente emitido na Antena 1, emissora oficial do festival.

Todos os premiados do Festival “Cantar Abril” 2009:

Prémio “Adriano Correia de Oliveira” – Recriação de Canções da Resistência:
Os CantAutores (d’Orfeu), com o tema “Acupunctura em Odemira” de José Afonso/Fausto

Prémio “José Afonso” – Criação de Canções de Liberdade:
A Presença das Formigas, com o tema “O Rei”

Prémio “Ary dos Santos” – Poema:
Mário Morais, com o tema “Mera Aparência”

Prémio “Carlos Paredes” – Carreira:
Sérgio Godinho


Mais sobre o Festival Cantar Abril, aqui.

Um comentário:

André disse...

Ainda não tinha visto: http://www.youtube.com/watch?v=j0Vm0W0DHHQ

Parabéns!